Acorda Cidade | Dilton Coutinho | Portal de notícias de Feira de Santana - Bahia

24º 35º Feira de Santana
21 de janeiro de 2018

Notícias

Esportes

Empregos

Lazer

Especial

Todas as notícias Polícia

Polícia buscará imagens e dados telefônicos durante investigação de morte de taxista

09/01/2018 20h51
O inquérito foi instaurado em Antônio Cardoso, mas as investigações estão sendo conduzidas pela 1ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin).
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Polícia buscará imagens e dados telefônicos durante investigação de morte de taxista
Foto: Reprodução

Andrea Trindade

Até o momento nenhuma linha de investigação foi descartada para chegar a autoria do assassinato do taxista Pascoal Dias dos Santos, 69 anos, que residia em Feira de Santana. Ele foi encontrado morto na cidade de Antônio Cardoso, e teve o veículo totalmente carbonizado.

O inquérito foi instaurado em Antônio Cardoso, mas as investigações estão sendo conduzidas pela 1ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin). Em entrevista ao Acorda Cidade, o delegado Roberto Leal, coordenador de polícia, disse que há pelo menos três linhas de investigação e que a polícia está empenhada em busca de informações que ajudem a elucidar o assassinato.

“Pode ser latrocínio, que é o roubo seguido de morte, crime de vingança, ou ele pode sido confundido com alguém, ele também pode ter tido algum desentendimento, então tudo isso precisa ser investigado. Não podemos descartar nenhuma informação que chegar e a gente pede a população que faça denúncias para chegarmos a elucidação o mais rápido possível”, disse.

A polícia levantará informações através das imagens das câmeras de segurança dos possíveis locais por onde a vítima passou desde a última vez em que foi vista e vai solicitar a quebra de sigilo de registros de dados telefônicos.

“Isso demanda um pouco de tempo por conta de questões judiciais, mas com certeza a gente vai identificar estes autores. Os criminosos tentaram não deixar nenhum rastro e isso não é comum em um crime de latrocínio, que é um crime muito rápido - a pessoa reage naquele momento e imediatamente tem a vida ceifada. [No caso da morte dele], há indícios de uso de instrumento contundente e arma de fogo. Então a gente precisa analisar todas as informações para chegar a uma linha de investigação que aponte realmente a autoria do crime", enfatizou o delegado.

Leia também: Taxista de Feira de Santana é encontrado morto em Antônio Cardoso; carro foi incendiado

Com informações do repórter Aldo Matos do Acorda Cidade 

É muito importante a sua participação. Envie para nós a sua sugestão de correção.



É muito importante a sua participação. Em breve entraremos em contato.



Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Veja também

PodCast

Comandante-geral da PM anuncia novas viaturas e mais policiais para Feira de Santana

mais podcast ›

Videos

Dona de casa se desespera ao ver água invadir sua residência durante chuva