Acorda Cidade - Dilton Coutinho

08 de Março de 2021
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Polícia

Todas as notícias
Publicado em 20/12/2017 07h06.

Cerca de 80 presos do Conjunto Penal de Feira de Santana são beneficiados com a saída temporária de natal

Vale ressaltar que a saída temporária e indulto de natal são diferentes.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Cerca de 80 presos do Conjunto Penal de Feira de Santana são beneficiados com a saída temporária de natal
Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Andrea Trindade

Cerca de cinco mulheres e 75 homens do Conjunto Penal de Feira de Santana devem ser beneficiados com a saída temporária de Natal. Os 80 detentos deverão sair a partir das 9h desta quarta-feira (20) e retornar no dia 27 de dezembro.

O diretor do conjunto penal, capitão Allan Araújo, reforça que os presos beneficiados são os que já estão em regime semiaberto e prestes a concluir a pena. Antes de saírem, eles assistem a uma palestra, na qual são orientados a retornarem no prazo e alertados sobre as regras que precisam cumprir para não terem o benefício suspenso imediatamente, como por exemplo, não frequentar bares, não sair de casa a partir das 22h, e logicamente não cometer nenhum delito.

O Conjunto Penal de Feira de Santana hoje comporta quase dois mil presos, sendo 85 mulheres, e por conta desse efetivo, o número de mulheres beneficiadas é menor que o de homens.

Segundo o capitão Allan, o número de presos que não retornam das saídas temporárias tem reduzido. Em relação à última saída, quatro não retornaram, sendo que dois deles foram recapturados, e os outros dois continuam foragidos.

Para o diretor, a saída temporária é importante para a ressocialização. “Fazemos um trabalho de conscientização do preso de regime semiaberto, que está finalizando sua pena, e ele sabe que não vale a pena cometer o desatino de não retornar. Eles precisam finalizar a pena, eles sabem disso e estamos obtendo êxito nesse quesito. Entendemos que este benefício é importante porque o papel do sistema prisional é preparar o preso para ele retornar para a sociedade, e ele não pode simplesmente finalizar a pena e sair de vez. Ele precisa ser testado, para mostrar para o judiciário e para o executivo da pena que ele merece estar lá fora. Se ele recebe um beneficio como esse e depois não retorna é porque ele não merece sair. Ele merece ficar preso”, disse o diretor ao Acorda Cidade.

Indulto natalino

Vale ressaltar que saída temporária e indulto de natal são diferentes. Chama-se indulto a extinção da pena, a liberdade total de forma antecipada concedida pelo presidente da república por meio de um decreto publicado no Diário Oficial da União. Já na saída temporária o preso deverá retornar no prazo estabelecido.

Com informações do repórter Ed Santos do Acorda Cidade 

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Homem é encontrado morto na zona rural de São Gonçalo dos Campos
São Gonçalo dos Campos

Homem é encontrado morto na zona rural de São Gonçalo dos Campos

Sem apresentar sinais de violência, o corpo que já estava em estado de decomposição, foi encaminhado para ...

65 estabelecimentos foram fechados pela PM durante toque de recolher em Feira de Santana neste sábado (6)
Feira de Santana

65 estabelecimentos foram fechados pela PM durante toque de recolher em Feira de Santana neste sábado (6)

102 orientações foram dadas ao público e três festas com paredões foram encerradas.

Suspeito de aplicar golpe do 'falso motoboy' é preso em Eunápolis, extremo-sul da Bahia
Bahia

Suspeito de aplicar golpe do 'falso motoboy' é preso em Eunápolis, extremo-sul da Bahia

Segundo a Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR) da cidade, vítimas relataram que perderam R$ 120 m...

Vídeo

Passageiros de transporte coletivo enfrentam superlotação e risco de contaminação por covid-19 Veja mais Vídeos ›

Facebook

Instagram