180 toneladas de cobre roubados em Aratu são apreendidos em Minas

09/03/2010 às 18h17, Por Dilton e Feito

Compartilhe essa notícia

Uma operação conjunta entre as polícias da Bahia e de Minas Gerais conseguiu recupar 180 toneladas de concentrado de cobre que foram furtadas do Porto de Aratu, de acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP).

O material, que vale cerca de R$ 470 mil, pertence à empresa Caraíba S/A, de Dias DÁvila, e foi localizado em um depósito da empresa Mundi Exter. O empresário dono desta empresa, William Nassif, é apontado como o receptador do minério roubado. Ele está preso em Minas Gerais.

A investigação foi comandada pelo delegado Márcio Alan, do Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP), que disse que o minério apreendido estava pronto para ser exportado pelo Porto de Santos. Cerca de 200 toneladas do produto saíram do país pela mesma rota.

De acordo com as investigações, o cobre importado do Chile era roubado antes de chegar ao destino final – a Caraíba e a Vale Manganês S/A, em Simões Filho. O produto roubado era levado para Minas, Rio de Janeiro e Santa Catarina, de onde era revendido.

O material apreendido foi devolvido à Caraíba. Além de William Nassif, outro integrante da quadrilha foi preso em Minas Gerais.

Informações do Correio

Compartilhe essa notícia

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

image

Rádio acorda cidade