Acorda Cidade - Dilton Coutinho

17 de Abril de 2021
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Feira de Santana

Todas as notícias
Publicado em 10/02/2017 18h44.

'Continuo sem comer e sem dormir direito', diz mãe de menina desaparecida

Gabriely Gomes está desaparecida desde o dia 21 de janeiro.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
'Continuo sem comer e sem dormir direito', diz mãe de menina desaparecida
Foto: Paulo José/Acorda Cidade

Rachel Pinto

Na tarde desta sexta-feira (10), familiares e amigos de Gabrielly Gomes Santana, de 7 anos, que desapareceu no dia 21 de janeiro, quando brincava na escada em frente a casa da avó no residencial Solar da Princesa, em Feira de Santana, realizaram mais uma manifestação através de uma corrente de fé e oração, em busca de informações que ajudem a encontrar a menina.

Com cartazes, faixas e mensagens religiosas, o grupo se concentrou na Avenida Eduardo Fróes da Mota, no bairro Sobradinho e clamou para que a história do sumiço de Gabrielly chegue a um desfecho e ela seja encontrada bem.

A mãe da criança, Jeisa Costa Gome,s contou à reportagem do Acorda Cidade como tem sido esses últimos vinte dias do desaparecimento da filha. Nesta tarde ela compareceu à polícia e prestou mais alguns esclarecimentos. Jeisa elogiou o trabalho da polícia e destacou que há um empenho grande para que sua filha seja encontrada.

“Hoje completam vinte dias que ela sumiu e eu continuo sem comer e sem dormir direito, continuo aflita. Hoje fui ouvida novamente pela polícia, mas até o momento não temos nenhuma notícia de Gabrielly. A investigação está em sigilo para que não atrapalhe o trabalho da polícia. Eu gostaria até de pedir as pessoas que não compartilhem, nem divulguem informações inverídicas sobre a minha filha. Muitos boatos continuam circulando pelo WhatsApp e calúnias de que ela teria sumido porque eu devo a agiota. Isso não é verdade, não procede”, declarou.

Jeisa disse ainda que tem fé que a filha está bem e viva. Ela também agradeceu a solidariedade de todas as pessoas que tem ajudado e confortado à família.

Rosa Ribeiro, vizinha da família contou que depois do sumiço que Gabrielly todos os moradores do condomínio estão assustados e não deixam mais as crianças brincarem na porta de casa. Ela disse que todos torcem e oram para que a garota apareça.

“Estamos assustados porque é um condomínio onde nunca aconteceu nada. Acreditamos que ela esteja viva e pedimos a Deus para que ela apareça”, finalizou.

Com informações e fotos do repórter Paulo José do Acorda Cidade.

Leia também: Um dos suspeitos de desaparecimento de menina de 7 anos está preso, diz coordenador de polícia

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Presidente do consórcio que administra o Shopping Popular diz que comerciantes precisam saber dialogar
Feira de Santana

Presidente do consórcio que administra o Shopping Popular diz que comerciantes precisam saber dialogar

Para Elias Tergilene, as pessoas que estão insatisfeitas precisam sentar com uma pauta definida.

Lockdown: apenas serviços essenciais funcionam neste fim de semana
Feira de Santana

Lockdown: apenas serviços essenciais funcionam neste fim de semana

O comércio de Feira de Santana estará fechado.

Veja a lista atualizada de casos de covid-19 por bairros e localidades
Feira de Santana

Veja a lista atualizada de casos de covid-19 por bairros e localidades

A relação foi elaborada pela Vigilância Epidemiológica

Vídeo

Idosos e acompanhantes se aglomeram em fila de vacina na UBS do Dispensário Santana Veja mais Vídeos ›

Facebook

Instagram