vai para o início: Alt+i vai para o conteúdo: Alt+c vai para o menu: Alt+m vai para o fim: Alt+f Acessibilidade Brasil Acessibilidade Brasil
Dilton Coutinho
@acordacidade no Twitter
Norauto lança Novo Ford Ka em Feira de Santana http://t.co/I2vHjmb9om
Ouvir Programa
sexta, 29 de agosto de 2014
Hora certa:
Editoriais
Colunistas
Links
RSS

Três jovens são executados no conjunto Fraternidade

Dois homens em uma motocicleta dispararam mais de 10 tiros a queima roupa contra os três jovens de 20 anos.

29/01/2012 01:36
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letraDiminuir letra
Ney Silva/Acorda Cidade

Foto: Ney Silva/Acorda Cidade

Ney Silva

 Três jovens de 20 anos foram assassinados na noite deste sábado (28), na travessa Assembleia, transversal da rua Roldão Alves Brasil, no conjunto Fraternidade, em Feira de Santana. Por volta das 19h uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) com apoio de viaturas da Guarda Municipal foi acionada para socorrer as vítimas, mas elas morreram no local.


De acordo com moradores que não quiseram se identificardois homens em uma motocicleta dispararam mais de 10 tiros contra Robson Soares da Silva, Edvan Santos Pereira e Josuel Ribeiro da Silva, que residiam no bairro Ponto Central.

          

Segundo informações, Robson conduzia a moto Titan de placa NTQ-1943 e ainda tentou fugir, mas caiu em um capinzal após ter sido atingido por quatro tiros na cabeça, nos braços e na testa.


Edvan Santos Pereira (camisa azul), morto com dois tiros, sendo um na cabeça e outro abaixo do ouvido direito, estava na moto Honda Titan de placa JRV 5132 com Josuel (camisa Branca).


O comandante da Guarda Municipal, Marcos Vinicius, pediu apoio a Polícia Militar para que o local fosse preservado. Ele conta que ao chegar à rua um dos homens ainda apresentava tremores pelo corpo, mas morreu momentos depois, não sendo possível o socorro. De acordo com ele, os tiros foram deflagrados a queima roupa.  

 


A rua Assembleia acesso a um matagal. Os policiais militares e os guardas municipais descobriram que existe uma "cabana" de mata nativa onde provavelmente as três vítimas iam se encontrar, mas, antes do provável encontro os autores do triplo homicídio os aguardavam escondidos em um terreno baldio.

O triplo homicídio ocorreu ás 19h, mas por volta das 22h é que a equipe do DPT (Departamento de Polícia Técnica) chegou ao local do crime. O levantamento cadavérico foi feito pelo delegado Augusto Vilas Boas que estava de plantão no Núcleo de Homicídios. As mortes serão investigadas pelaCP (Circunscrição Policial).

  • Recomendar
É muito importante a sua participação. Envie para nós a sua sugestão de correção.


Envie esta notícia por e-mail.


É muito importante a sua participação. Em breve entraremos em contato.