Brasil

Mãe se revolta após localizar casal que sumiu no Réveillon: ‘Mundinho à parte’

Desaparecimento de jovens preocupou familiares, que viajaram do interior ao litoral para buscar o paradeiro da dupla. Polícia também estava investigando o caso.

06/01/2020 09h35, Por Rachel Pinto

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Acorda Cidade

O casal de turistas que desapareceu após enviar mensagens para os familiares desejando feliz ano novo na virada de ano em Bertioga, no litoral de São Paulo, reapareceu após quatro dias sem qualquer pista do paradeiro dos dois. Os familiares viajaram até o litoral para procurá-los, após receberem mensagens de quiosqueiros avisando que eles haviam sido vistos. A polícia investiga o caso.

Os jovens desapareceram após a virada de ano. Pietro Felipe Papini, de 20 anos, é de Atibaia (SP), e Leticia Rodrigues Moraes de Lima, de 20 anos, é de Itaquaquecetuba (SP). Os dois namoram há um ano e já haviam feito outras viagens juntos, sempre deixando as famílias informadas sobre onde estavam. "Minha filha nunca deixou de me avisar onde estava", diz Edneia Rodrigues, mãe de Leticia.

De acordo com os parentes do casal, o plano inicial era que eles voltassem já na quarta-feira (1º), porque Leticia trabalharia no dia seguinte. "Chegamos a combinar pelo telefone, quando ela me desejou feliz ano novo, que não voltasse muito tarde naquele dia", conta Edneia. Os dois sumiram após esse contato, com todas as ligações dos familiares caindo direto na caixa postal.

Segundo apurado pelo G1, quiosqueiros da Prainha Branca, na divisa entre as cidades de Bertioga e Guarujá, viram o casal pela região e entraram em contato com os familiares para avisar. O pai de Pietro viajou até o local onde eles supostamente teriam sido vistos pela última vez e encontrou o casal almoçando em um restaurante da região. "Falta de responsabilidade e de respeito, não pensam em ninguém", desabafou a mãe do rapaz, Erica Felipe.

"Ela disse que quebrou o telefone e eles disseram ao meu ex-marido que estavam tentando entrar em contato. Estavam nada. Um monte de gente com telefone por perto, alguém teria ajudado. Acionamos polícia, hospitais e amigos e eles estavam vivendo em um mundinho à parte", relatou.

Os familiares dos jovens acionaram a Polícia, notificando o desaparecimento, entraram em contato com os hospitais de Bertioga e chegaram a pensar que eles estariam correndo algum perigo. "Vi no noticiário que um casal foi encontrado morto. No desespero, a gente começa a imaginar coisas. Estou muito aliviada por eles terem sido encontrados bem, mas muito chateada com a minha filha", conta Edneia.

O pai de Pietro levou o casal embora para as cidades onde moram na madrugada desta segunda-feira (6). "Graças a Deus eles estão bem, mas quero que ela chegue e me dê uma explicação. O namorado dela vai ter que se explicar para a mãe dele também", finaliza Edneia.

Fonte: G1

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade