Caged

Economia feirense gerou mais de dois mil novos postos de trabalho no primeiro quadrimestre

O total de trabalhadores admitidos superou o de desligados pelo décimo terceiro mês consecutivo.

07/06/2022 22h19, Por Acorda Cidade

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Fonte: Novo Caged. Elaboração: Programa Conhecendo a Economia Feirense

De acordo com as informações levantadas no Novo Caged para o mês de abril de 2022, o saldo de emprego formal em Feira de Santana obteve mais um resultado positivo, em linha com o movimento observado nacionalmente.

O total de trabalhadores admitidos superou o de desligados pelo décimo terceiro mês consecutivo. Em abril foram realizadas 4.113 admissões e 3.580 desligamentos, resultando em um saldo de 533 novos postos de trabalho. Em valores absolutos o setor que mais gerou empregos foram os Serviços, com destaque para as atividades de teleatendimento.

A equipe do Programa Conhecendo a Economia Feirense da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) destaca que a despeito destes dados positivos para o mercado de trabalho local nos últimos meses, o cenário prospectivo para o mercado de trabalho em Feira de Santana permanece desafiador para o ano de 2022.

De acordo com as estimativas da equipe, o nível de emprego de Feira de Santana ainda está significativamente abaixo daquele verificado em março de 2015 e é preciso que sejam geradas aproximadamente 2.300 novas vagas somente para recuperar as perdas acumuladas nos últimos sete anos.

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia

image image image image image image
Categorias Empregos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade