Acorda Cidade - Dilton Coutinho

15 de Dezembro de 2019
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Feira de Santana

Todas as notícias
Publicado em 22/11/2011 10h59.

Lavrador morre dentro de carro em frente ao Hospital Clériston Andrade

A família reclamou do descaso do hospital e afirmou que o lavrador de 66 anos chegou ao local por volta das 6h desta terça-feira ainda com vida. O corpo só foi retirado do local por volta das 9h50.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Lavrador morre dentro de carro em frente ao Hospital Clériston Andrade
Ed Santos/Acorda Cidade

Daniela Cardoso

O lavrador Jorge de Jesus, 66 anos, que morava na Fazenda Caruá em Antônio Cardoso, morreu dentro de um carro Fiat Uno na frente do Hospital Geral Clériston  Andrade (HGCA), na manhã desta terça-feira (22), em Feira de Santana.

 
De acordo com familiares, o lavrador sentiu-se mal durante a madrugada e chegou ao hospital por volta das 6h da manhã, onde morreu sem atendimento.

Edmundo Pereira Neri, enteado do lavrador, disse que Jorge de Jesus faleceu em frente ao hospital. “Uma senhora constatou que ele estava morto e disse que não poderia fazer mais nada. Ela não nos deu resposta nenhuma, não falou o que tínhamos que fazer e ficamos com ele aqui dentro do carro. Ele chegou aqui ainda com vida”, afirmou.

A família ficou revoltada pela falta de atendimento e pela exposição do corpo que foi retirado do carro por volta das 9h50. “A família passou por um constrangimento. Estamos sofrendo, perdemos um ente querido e ainda temos que passar por essa situação.”, disse Roberto Carlos da Silva Souza, sobrinho da vítima.

A família de Jorge de Jesus ainda enfrentou outro problema. O Departamento de Polícia Técnica (DPT) não aceitou o corpo do lavrador, pois não havia um guia do médico. A direção do HGCA orientou que os maqueiros colocassem o corpo dentro do Hospital para que fosse retirada a guia.

“Agora estão colocando o corpo dentro do hospital para conseguirmos a guia, para então levar o corpo para o DPT. É um descaso, isso não existe. Eles querem que a gente afirme que ele chegou aqui morto, é isso que eles querem. Isso é uma negligência, é um descaso, um trabalho irresponsável”, disse Roberto Carlos. As informações são do repórter Ed Santos do Acorda Cidade.

Fotos: Ed Santos/Acorda Cidade

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Motoristas de aplicativo fazem protesto no centro da cidade e cobram regulamentação
Feira de Santana

Motoristas de aplicativo fazem protesto no centro da cidade e cobram regulamentação

Eles fizeram várias reivindicações cobrando regulamentação e também mudanças dos aplicativos para que d...

Feira de Santana

CPRL informa que não disponibilizará policiamento no Festival de Rua Sítio Matias

A Polícia Militar enviou uma nota a imprensa informando que não foi apresentada a PM uma autorização do po...

Agentes da SMT adotam 117 cartas da campanha Papai Noel dos Correios
Solidariedade

Agentes da SMT adotam 117 cartas da campanha Papai Noel dos Correios

Os presentes foram entregues aos Correios na manhã desta sexta feira (13).

Vídeo

Aluno da UFRB é acusado de racismo por recusar documento de docente negra Veja mais Vídeos ›

Podcast

Ouça o Programa desta sexta-feira 13.12:
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram