Acorda Cidade - Dilton Coutinho

17 de Julho de 2018
Dólar: R$ 3,68 Euro: R$ 4,34
19º 28º Feira de Santana
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Dilton e Feito

Todas as notícias
Publicado em 28/09/2011 12h36.

Sefaz, SICM e representantes do atacado e do varejo na Bahia discutem SPED Fiscal em Feira de Santana

O evento acontece nesta quinta (29), na CDL de Feira
Sefaz, SICM e representantes do atacado e do varejo na Bahia discutem SPED Fiscal em Feira de Santana
Divulgação | Zé Neto ao lado de representantes do setor varejista

Com o objetivo de discutir e esclarecer as questões tecnológicas, tributárias, contábeis e fiscais que envolvem a troca do Sistema Integrado de Informações sobre Operações Interestaduais com Mercadorias e Serviços (SINTEGRA) pelo Sistema Público de Escrituração Digital (SPED), o deputado estadual e líder do Governo na Assembleia Legislativa, Neto (PT), promove uma Reunião de Trabalho nesta quinta-feira (29), às 09h, namara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Feira de Santana.

A idéia é ajudar no entendimento do uso do novo software. Para isso, representantes da Câmara Setorial, Associação dos Distribuidores e Atacadistas da Bahia (ASDAB), Associação Bahiana de Supermercados (ABASE), Sindicato das Indústrias da Panificação do Estado da Bahia (Sindipan/BA), CDL, Associação Comercial de Feira de Santana, além de contabilistas, atacadistas, varejistas, distribuidores e representantes de demais órgão públicos estaduais e municipais participam das discussões com técnicos da Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz) e da Secretaria da Indústria e Comércio do Estado da Bahia (SICM). O Grupo de Trabalho vai analisar as principais dificuldades na implantação do sistema e buscar soluções para transpor as dificuldades.

O que é o SPED Fiscal – é um arquivo digital com um conjunto de informações referentes a operações, prestações de serviços e apuração de impostos dos contribuintes. o SPEP faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento do Governo Federal e constitui-se em mais um avanço na informatização da relação entre o fisco e os contribuintes em todo o país.  Sua implantação é uma forma de dar mais transparências as movimentações fiscais e tributárias do setor já que visa integrar os dados dos contribuintes aos fiscos municipais, estaduais e federal, mediante o compartilhamento das informações contábeis e fiscais. Tais informações ficarão disponíveis não apenas para as empresas, a Sefaz ou o Ministério Público, mas para todo e qualquer cidadão. As informações são da assessoria do deputado Neto.

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Justiça Eleitoral abre habilitação para voto em trânsito
Eleições

Justiça Eleitoral abre habilitação para voto em trânsito

Para votar em trânsito, o eleitor tem que fazer a habilitação em um cartório eleitoral, indicando o local ...

Maioria de votos brancos e nulos não invalida eleição, lembra consultor legislativo
Eleições 2018

Maioria de votos brancos e nulos não invalida eleição, lembra consultor legislativo

O Tribunal Superior Eleitoral esclarece que, ao tornar obrigatório o voto dos os maiores de 18 anos, a Consti...

Comissão do Senado aprovou U$1,5 bilhão em empréstimos internacionais
Senado

Comissão do Senado aprovou U$1,5 bilhão em empréstimos internacionais

O maior tomador é a Financiadora de Estudos e Projetos, Finep, órgão vinculado ao Ministério da Ciência e...

Vídeo

Bandidos invadem, roubam e destroem escola em São Gonçalo dos Campos Veja mais Vídeos ›

Podcast

Médica alerta para importância de exames cardiológicos em crianças
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram