Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • Educa Mais Brasil
  • ELEIÇÕES
16 de Outubro de 2018
Dólar: R$ 4,09 Euro: R$ 4,78
24º 34º Feira de Santana
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Política

Todas as notícias
Publicado em 30/08/2011 21h41.

Aprovada por unanimidade privatização dos cartórios

Para os deputados, a forma consensual como a matéria foi aprovada é resultado de uma maturidade política conquistada pelos parlamentares após os debates realizados
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Aprovada por unanimidade privatização dos cartórios
Reprodução

Acorda Cidade

A Assembleia Legislativa da Bahia aprovou na noite desta terça-feira (30) a matéria que privatiza os 1.600 cartórios extrajudiciais baianos. Considerado pela Casa com um dos mais importantes dessa legislatura, o Projeto de Lei 19.324, que tramita desde 2009 na ALBA, foi aprimorado graças ao intenso empenho da Comissão extraordinária e suprapartidária composta por 12 parlamentares.

Para os deputados, a forma consensual como a matéria foi aprovada é resultado de uma maturidade política conquistada pelos parlamentares após os debates realizados.

O projeto substitutivo apresentado pelo relator do projeto, deputado Raimundo (PT), determina a privatização de todos os cartórios extrajudiciais com direito de opção para os titulares (permitindo a escolha entre migrar para a prestação do serviço notarial ou de registro em caráter privado ou ficarem à disposição do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia, que lhes designará função compatível).

O texto destina 23% do que for cobrado a título de emolumentos para criação do Fundo Especial de Compensação e 2% para a Defensoria Pública baiana. Além de incluir emendas modificativas que esclarecem e melhoram redação da matéria inicial.

“O estado democrático precisa de cartórios funcionando adequadamente, e esse passo dará a população baiana a oportunidade de poder cobrar mais, de ter serviços mais modernos”, avaliou o deputado estadual Neto.

Com essa decisão, a Bahia deixa de ser o único estado brasileiro que mantinha os serviços cartoriais extrajudiciais estatizados. A lei será sancionada pelo governador do Estado e deve passar a vigorar no início de 2012, criando tempo para que o Tribunal de Justiça tome as medidas administrativas necessárias para implantação do novo modelo de gestão.

Caminhos para privatização
Em 2007, quando ainda presidente da Comissão de Constituição e Justiça, o deputado Neto promoveu o debate sobre a Lei de Organização Judiciária (LOJ), que integrou os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário.

Na CCJ, seis discussões foram feitas sobre a privatização dos cartórios, iniciando as discussões dessa que há longa data é um dos principais reclames da sociedade baiana. Em 2009 o projeto foi apresentado à Assembleia.

Nos últimos meses visitas técnicas para conhecer a situação dos cartórios em quatro estados brasileiros, compilação de dados financeiros e de arrecadação, articulações para ouvir a sociedade civil, os técnicos, o Tribunal de Justiça e o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) aceleraram e aprimoraram as discussões. Com informações da assessoria do deputado Neto.

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Candidatas recebem zero voto e dizem que nem sabiam que estavam concorrendo nesta eleição
Brasil

Candidatas recebem zero voto e dizem que nem sabiam que estavam concorrendo nesta eleição

País teve 24 candidatos sem nenhum voto; 21 são mulheres.

Bancada sindical perde representação na Câmara
Brasil

Bancada sindical perde representação na Câmara

A partir do próximo ano serão 18 deputados a menos no debate dos interesses dos trabalhadores, como direitos...

Assessoras de Marielle são eleitas deputadas estaduais no Rio de Janeiro
Legado de Marielle

Assessoras de Marielle são eleitas deputadas estaduais no Rio de Janeiro

Renata Souza, Dani Monteiro e Mônica Francisco assumirão em 2019.

Vídeo

Cerca de 3 toneladas de maconha escondidas em carga de milho são apreendidas em Feira de Santana Veja mais Vídeos ›

Podcast

Entrevista com José Ronaldo - Parte I
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram