Acorda Cidade - Dilton Coutinho

17 de Julho de 2018
Dólar: R$ 3,68 Euro: R$ 4,34
19º 28º Feira de Santana
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Dilton e Feito

Todas as notícias
Publicado em 09/08/2011 07h52.

Parlamentares firmes por privatização total

Em Brasília, os parlamentares conversaram com a ministra do Conselho Nacional de Justiça (CNJ)
Parlamentares firmes por privatização total
Divulgação

A comissão de deputados da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) que trabalha em um “aprimoramento” do Projeto de Lei Nº 19.324/2009 – relativo à privatização dos cartórios extrajudiciais da Bahia – cumpriu uma nova e espinhosa etapa do processo nesta segunda-feira (8). Em Brasília, os parlamentares conversaram com a ministra do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Eliana Calmon, e com o juiz-auxiliar do órgão, Ricardo Chimenti. O líder do bloco governista, deputado Neto (PT), que estava presente na reunião, contou, em entrevista ao Bahia Notícias, que a magistrada reconhece haver “um equívoco no estado da Bahia em continuar oficializando cartórios mesmo depois da Constituição de 1988” e pensa que o “caminho mais razoável é que sejam privatizados inicialmente os 925 cartórios vagos em todo o estado”. Apesar disso, os parlamentares não seguirão essa recomendação. “Ela pensa que esse é o caminho menos turbulento a se seguir, mas não tem uma atitude ofensiva em relação à posição dos deputados” que é, de acordo com o legislador, o da privatização total. “Ela tem consciência de que, em qualquer posição tomada pela AL, terá que haver uma decisão judicial”, assegura. Agora, faltaria à comissão resolver questões ligadas ao direito de escolha dos tabeliães em continuar, ou não, como funcionários públicos após o PL ser aprovado. Estiveram na capital federal os deputados Joseildo Ramos (PT), Fabrício Falcão (PCdoB), Sidelvan Nóbrega (PRB), Reinaldo Braga (PR), Paulo Azi (DEM), o relator Raimundo (PT) e o próprio Neto.

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Justiça Eleitoral abre habilitação para voto em trânsito
Eleições

Justiça Eleitoral abre habilitação para voto em trânsito

Para votar em trânsito, o eleitor tem que fazer a habilitação em um cartório eleitoral, indicando o local ...

Maioria de votos brancos e nulos não invalida eleição, lembra consultor legislativo
Eleições 2018

Maioria de votos brancos e nulos não invalida eleição, lembra consultor legislativo

O Tribunal Superior Eleitoral esclarece que, ao tornar obrigatório o voto dos os maiores de 18 anos, a Consti...

Comissão do Senado aprovou U$1,5 bilhão em empréstimos internacionais
Senado

Comissão do Senado aprovou U$1,5 bilhão em empréstimos internacionais

O maior tomador é a Financiadora de Estudos e Projetos, Finep, órgão vinculado ao Ministério da Ciência e...

Vídeo

Bandidos invadem, roubam e destroem escola em São Gonçalo dos Campos Veja mais Vídeos ›

Podcast

Médica alerta para importância de exames cardiológicos em crianças
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram