Acorda Cidade - Dilton Coutinho

05 de Dezembro de 2021
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Feira de Santana

Todas as notícias
Publicado em 25/11/2021 14h36.

Mãe acusa hospital particular de negligência médica; unidade diz que todos os procedimentos foram feitos de acordo com os protocolos

Ainda segundo a nota de esclarecimento, o prontuário médico já foi disponibilizado pelo hospital para a família e médico assistente da criança.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Mãe acusa hospital particular de negligência médica; unidade diz que todos os procedimentos foram feitos de acordo com os protocolos
Foto: Arquivo Pessoal

Gabriel Gonçalves

A mãe da pequena Maria Isabel de apenas seis meses de vida, Ana Beatriz Oliveira, está acusando uma unidade hospitalar da rede privada de Feira de Santana, por negligência médica, no atendimento prestado à filha.

Na quinta-feira, 18 de novembro, Ana Beatriz, levou a pequena Maria Isabel até à unidade hospitalar, pois a filha estava apresentando quadro de febre e com dificuldades para respirar.

Ao Acorda Cidade, Ana Beatriz informou que foi orientada a ficar em uma sala de isolamento, pois a equipe suspeitava de Covid-19.

"Quando chegamos no hospital, fomos diretamente para a sala de isolamento com suspeita de Covid-19, segundo o hospital, seria melhor, pois o atendimento seria mais rápido, porém eu ainda esperei por um bom tempo até ser atendida, já que o posto de enfermagem estava cheio no dia. O médico que atendeu explicou que não estava ouvindo nada de diferente no pulmão e que iria passar um raio-x para o tórax. Só que minha filha já não estava muito bem ali, e mandaram ir para casa. Com menos de 12 horas, retornamos para a unidade porque Maria não estava bem, e por volta das 23h eu retornei para casa, pois a médica explicou que era um exagero por minha parte, que eu não tinha experiência", explicou.

Ainda de acordo com Ana Beatriz Oliveira, já na sexta-feira (19), quando estava se preparando para retornar até à unidade hospitalar, a filha Maria Isabel começou a ter dificuldades para respirar, foi quando solicitou ajuda no próprio bairro, e encaminhou a filha para a policlínica do Parque Ipê.

"Minha mãe estava com Maria no momento e começou a gritar dizendo que ela não estava respirando, fizemos os primeiros socorros, massagens cardíacas, respiração boca a boca, a Samu não compareceu e quando sair correndo no meio da rua, consegui ajuda, e um carro nos levou para a Policlínica do Parque Ipê. Os médicos levaram ela para a sala de reanimação, fizeram de tudo, entubaram, deram o choque nela, mas infelizmente Maria não voltou, mas se os médicos tivessem me ouvido, ela estaria internada. Só as mães conhecem verdadeiramente os seus filhos, mas os médicos disseram que ela estava bem e nós confiamos", declarou.

Ana Beatriz Oliveira, informou à reportagem do Acorda Cidade, que está aguardando o laudo do Instituto Médico Legal (IML), para comprovar que o hospital foi negligente com a filha.

A direção da unidade hospitalar, emitiu uma nota de esclarecimento, informando que conforme protocolo da Sociedade Brasileira de Pediatria, e por não preencher os critérios de internamento, a paciente lactente foi encaminhada para o tratamento domiciliar, com antibioticoterapia e nebulização, orientada a retornar em até 48h para nova reavaliação.

Ainda segundo a nota de esclarecimento, o prontuário médico já foi disponibilizado pelo hospital para a família e médico assistente da criança.

Veja a nota na íntegra:

Foto: Divulgação


Com informações da produtora Maylla Nunes do Acorda Cidade

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Com prazo encerrado, prefeitura viola boxes do Shopping Popular e convocará novos permissionários
Feira de Santana

Com prazo encerrado, prefeitura viola boxes do Shopping Popular e convocará novos permissionários

Ao Acorda Cidade, o vice-prefeito Fernando de Fabinho explicou que um novo edital deve ser publicado nesta seg...

Campanha Papai Noel dos Correios é iniciada; adoção das cartinhas segue até dia 17
Feira de Santana

Campanha Papai Noel dos Correios é iniciada; adoção das cartinhas segue até dia 17

Por conta da pandemia, desde o ano passado, a procura foi muito baixa, segundo a coordenadora da campanha.

Cras Itinerante chega ao bairro Viveiros nesta terça-feira (7)
Feira de Santana

Cras Itinerante chega ao bairro Viveiros nesta terça-feira (7)

Serão disponibilizados serviços socioassistenciais.

Vídeo

Buracos e lama causam transtornos a moradores e comerciantes da Rua Tupinambá Veja mais Vídeos ›

Ouça Agora

Programa desta sexta-feira 03.12:
Mais áudios ›

Facebook

Instagram