Acorda Cidade - Dilton Coutinho

04 de Dezembro de 2021
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Polícia

Todas as notícias
Publicado em 25/11/2021 13h13.

Operação contra fraudes cumpre mandados na Bahia; R$ 200 mil foram bloqueados pela Justiça

As ações acontecem nas cidades de Salvador e Coração de Maria.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Operação contra fraudes cumpre mandados na Bahia; R$ 200 mil foram bloqueados pela Justiça
Foto: Itana Alencar/G1 BA

Acorda Cidade

A Polícia Federal cumpre 11 mandados em uma operação contra fraudes no Auxílio Emergencial, na manhã desta quinta-feira (25). As ações acontecem nas cidades de Salvador e Coração de Maria. As investigações apontam que 90 contas foram falsificadas no aplicativo da Caixa Econômica Federal.

Das 11 determinações judiciais, três são de busca e apreensão, quatro de afastamento de sigilo bancário e as outras quatro de sequestros de bens. Além disso, a Operação Parcela Baiana também bloqueou R$ 200 mil de contas bancárias, por determinação da Justiça. Não há mandados de prisões temporárias.

As investigações identificaram fraudes que causaram prejuízos de R$ 90 mil ao programa assistencial. Os valores foram transferidos e depositados para contas vinculadas aos fraudadores, e também para pagamentos de boletos bancários emitidos pelos suspeitos.

A estimativa da PF é de que os valores sejam ainda maiores, porque os dados investigados são de curto período, cerca de 14 dias, além de possivelmente existirem casos em que os beneficiários não contestaram o não recebimento do auxílio.

A investigação corre em três inquéritos diferentes, apurados a partir da base de dados da Polícia Federal e também de proteções de contestação, fornecidos pela Caixa Econômica Federal. Participam também da operação o Ministério Público Federal, o Ministério da Cidadania, a Receita Federal, a Controladoria-Geral da União e o Tribunal de Contas da União.

Os fraudadores responderão por furto qualificado mediante fraude e, caso condenados, poderão pegar pena de dois a oito anos de reclusão.

Fonte: G1

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

PRF apreende 675 mil maços de cigarros contrabandeados e causa prejuízo de R$ 3,3 milhões no crime organizado
Bahia

PRF apreende 675 mil maços de cigarros contrabandeados e causa prejuízo de R$ 3,3 milhões no crime organizado

As ocorrências foram registradas em um intervalo de apenas 2 horas e aconteceram a uma distância de 130 quil...

Sete pessoas da mesma família são presas por receptação no interior
Bahia

Sete pessoas da mesma família são presas por receptação no interior

Durante a operação também foi encontrada com um dos acusados, uma motocicleta com chassi raspado. O grupo e...

Mês de novembro apresenta menor número de mortes do ano
Bahia

Mês de novembro apresenta menor número de mortes do ano

Os dados oficiais mostram a diminuição nos CVLIs no estado desde o mês de outubro.

Vídeo

Buracos e lama causam transtornos a moradores e comerciantes da Rua Tupinambá Veja mais Vídeos ›

Ouça Agora

Programa desta sexta-feira 03.12:
Mais áudios ›

Facebook

Instagram