Acorda Cidade - Dilton Coutinho

09 de Dezembro de 2021
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Política

Todas as notícias
Publicado em 15/09/2021 11h26.

Presidente da Câmara denuncia suposto desvio de verbas pela Secretaria de Saúde

Governo Municipal reage à denúncia irresponsável do presidente da Câmara
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Presidente da Câmara denuncia suposto desvio de verbas pela Secretaria de Saúde
Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade | Secretaria de Saúde de Feira de Santana

Maylla Nunes 

O presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador Fernando Torres (PSD), apresentou uma grave denúncia contra a Secretaria Municipal de Saúde, na manhã desta quarta-feira (15). Segundo ele, o secretário de saúde, Marcelo Britto, dono de uma empresa que presta serviços para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Queimadinha, estaria realizando desvios.  Ele disse também que vai ao Ministério Público realizar a denúncia e também à Polícia Federal.

“Estou com uma denúncia que me deixou perplexo, preocupado. Chegou na minha mão há 15 dias. Pensei e repensei porque é muito grave. É uma denúncia que nós feirenses, políticos, que moramos em Feira de Santana e tem momentos em que estamos em casa às 3h da manhã e tem gente que liga para nosso celular e pede auxílio na área de saúde com muita razão, a gente fica em choque. Marcelo Britto tem uma empresa chamada GSM. Essa empresa prestou serviço à UPA da Queimadinha, onde o povo fica na fila chorando por atendimento. A empresa tem um capital de R$ 3 mil, mas prestou serviço de R$ 400 mil em dois meses. Irei sair daqui com a comissão de vereadores para ir ao MP, à Polícia Federal, todos os órgãos de fiscalização", destacou.

O presidente da Câmara ainda lamentou o ocorrido e apresentou documentos da prestação de contas da Secretaria de Saúde.

“Ainda existem desvios de dinheiro na área da saúde. Tem médicos envolvidos que juraram pela profissão. É difícil morar aqui já que a corrupção predomina. Parte da prefeitura e parte para a Secretaria de Saúde. O secretário de saúde prestando serviço a R$ 200 mil por mês. Se eu estiver errado, volto atrás e peço desculpas. Mas, se eu estiver certo, eu vou até a última consequência. Não aguentamos mais as pessoas passando necessidade por uma quadrilha desviando o dinheiro público.”

Ele concluiu dizendo que os serviços estão em representação por parte de um hospital particular do município.

“Imagine se o Ministro da Saúde tivesse uma empresa vendendo Covaxin? Não tem diferença. A empresa é para prestar serviço de consultas médicas, feita por Hospital particular? Quando? Essa denúncia está clara de que foi uma forma de desvio de dinheiro”.

Confira os documentos apresentados pelo presidente da Câmara, Fernando Torres:

Foto: Reprodução

A reportagem do Acorda Cidade entrou em contato com a Secretaria de Comunicação (Secom) que publicou a seguinte nota:

Governo Municipal reage à denúncia irresponsável do presidente da Câmara

O Governo Municipal considera como irresponsável a suposta denúncia feita, nesta quarta-feira (15), pelo presidente da Câmara Municipal, vereador Fernando Torres, contra o secretário municipal de Saúde, Marcelo Britto.

O governo solicita inclusive que o Poder Legislativo marque o mais rápido possível a data para que o secretário de Saúde, Marcelo Britto, compareça à Câmara para ser sabatinado pelos vereadores, conforme convocação do Poder Legislativo.

“A minha ida à Câmara será uma oportunidade fantástica para que eu possa prestar todos os esclarecimentos que os senhores vereadores julguem necessários. De antemão, devo esclarecer que, desde que assumi a secretaria, nenhuma empresa minha teve ou tem negócios com a Prefeitura”, garante Marcelo Britto.

O Governo Municipal não teme qualquer tipo de ameaça, feita pelo presidente Fernando Torres, de solicitar apurações ao Ministério Público e à Polícia Federal. Muito pelo contrário, considera que é importante o envolvimento de órgãos tão sérios, para que a suposta denúncia seja devidamente desmoralizada pelo MP e pela PF.

                

Com informações do repórter Paulo José do Acorda Cidade 

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Após portaria, presidente da Câmara diz que irá consultar setor jurídico sobre exigência de vacinação a vereadores
Feira de Santana

Após portaria, presidente da Câmara diz que irá consultar setor jurídico sobre exigência de vacinação a vereadores

Fernando Torres disse também que ainda não sabe se a regra irá valer para os vereadores que decidiram não ...

Barroso pede manifestação do governo sobre passaporte da vacina
Brasil

Barroso pede manifestação do governo sobre passaporte da vacina

Ação quer tornar obrigatória adoção de recomendações da Anvisa.

  Alexandre de Moraes abre inquérito sobre live do presidente
Política

Alexandre de Moraes abre inquérito sobre live do presidente

Durante fala, Jair Bolsonaro fez correlação entre vacinas e Aids

Vídeo

Força e determinação: professor da zona rural enfrenta o racismo e é aprovado em doutorado na USP Veja mais Vídeos ›

Ouça Agora

Programa desta quarta-feira 08.12:
Mais áudios ›

Facebook

Instagram