Acorda Cidade - Dilton Coutinho

30 de Outubro de 2020
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Bahia

Todas as notícias
Publicado em 23/09/2020 15h54.

Setor da Construção Civil apresenta manifesto contra aumento no preço dos insumos da indústria 

Sinduscon alertou à SDE sobre possível desabastecimento e desemprego no segmento. 
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Setor da Construção Civil apresenta manifesto contra aumento no preço dos insumos da indústria 
Foto: SDE

Acorda Cidade

O setor da Construção Civil, que gera atualmente 45 mil empregos formais na Bahia, apresentou ao vice-governador João Leão, secretário de Desenvolvimento Econômico (SDE), na terça-feira (22), um manifestono com reclamações acerca dos aumentos, que consideram abusivos, nos preços dos insumos para construção civil. Segundo o manifesto, esse aumento pode gerar grave desabastecimento e ameaça a manutenção dos postos de trabalho. Cimento, aço e PVC são os itens que mais tiveram elevação de preço.  

“Vamos analisar uma forma adequada e eficaz de ajudar a equacionar esta questão, no sentido de proteger a sobrevivência das indústrias da construção civil, as empresas de todos os portes, com vistas, sobretudo, na manutenção dos empregos e no crescimento deste estratégico setor produtivo. Vamos buscar um diálogo também com as indústrias que fornecem os insumos, pois ambos os segmentos são importantes para o desenvolvimento da Bahia”, declara Leão. 

O segmento foi representado no encontro pelo Sindicato da Indústria da Construção do Estado da Bahia (Sinduscon-BA), pela Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário da Bahia (Ademi-BA), Associação Comercial da Bahia (ACB) e pelo Sindicato Nacional da Indústria de Produtos de Cimento (Sinaprocim). O movimento conta ainda com o apoio da Associação Nacional das Empresas de Obras Rodoviárias (Aneor). 

“No momento da retomada da economia, fomos surpreendidos com o desabastecimento dos insumos da cadeia produtiva, com destaque para o aço. Veio a seguir o cimento e por último o PVC, que subiu tremendamente, mesmo com produção na Bahia. A situação ameaça atividades na produção do imóvel residencial para baixa renda, afetando toda a cadeia, inclusive a de obras públicas, cujos contratos não se sustentam se não repassarmos esses custos, essa é a grande preocupação do nosso setor”, afirma o presidente do Sinduscon, Carlos Marden do Valle Passos. 

“Nosso pleito envolve a construção civil, setor imobiliário e de pré-fabricados de concreto que são estratégicos na geração de emprego e renda, abarcando as obras habitacionais e de infraestrutura. Estamos vivenciando um aumento abusivo e um desabastecimento de importantes insumos e não encontramos justificativa para tais fatos. O aço chegou a aproximadamente 40% de aumento entre janeiro e setembro deste ano, o cimento em torno de 10%. Importante lembrar que o aço tem impacto de 50% no custo do produto pré-fabricado de concreto”, relata o vice-presidente da ACB, Carlos Henrique Jorge Gantois. 

“A Ademi-BA vem ao encontro do vice-governador e secretário da SDE transmitir a preocupação dos seus associados em relação ao aumento súbito de preços e desabastecimento de insumos, o que está desestabilizando o planejamento das empresas sobre lançamentos e execução de suas construções, logo num momento de retomada pós pandemia e expectativa de reaquecimento do mercado imobiliário baiano. Quando as expectativas frustram o planejamento, o empresário adia a tomada de decisão e gera desemprego no curto prazo”, diz Pedro Mendonça diretor técnico da Ademi-BA. 

Leia também:
Empresário explica aumento nos preços dos materiais de construção

MP recebe ação pedindo fiscalização a aumento abusivo de preços durante pandemia

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Festival de Verão anuncia cancelamento do evento em 2021
Festival de Verão

Festival de Verão anuncia cancelamento do evento em 2021

Informação foi divulgada nesta sexta-feira (30). Segundo assessoria do evento, datas para 2022 já estão ma...

Madre de Deus

Prefeito de Madre de Deus é afastado por mais 45 dias

Na decisão, o juiz Rui Britto afirmou que a necessidade de manter o afastamento para que não haja interferê...

Governo do Estado promove ações para desenvolver agronegócio na Bahia
Bahia

Governo do Estado promove ações para desenvolver agronegócio na Bahia

As estratégias também englobam ações como a regulamentação técnica das cadeias produtivas de pequenos p...

Vídeo

Advogada destaca benefícios assistenciais a mulheres com câncer Veja mais Vídeos ›

Facebook

Instagram