Acorda Cidade - Dilton Coutinho

26 de Setembro de 2020
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Feira de Santana

Todas as notícias
Publicado em 13/07/2020 08h36.

Preço da cesta básica em Feira de Santana está em torno de R$ 375, segundo pesquisa da Uefs

O tomate foi o principal responsável pela queda do valor da cesta.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
 Preço da cesta básica em Feira de Santana está em torno de R$ 375, segundo pesquisa da Uefs
Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Acorda Cidade

A equipe do projeto “Conhecendo a Economia Feirense: o custo da cesta básica em Feira de Santana” da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) apresentou o resultado da coleta de preços dos produtos que compõem a cesta básica e confirmou que o ritmo de queda do valor da cesta persistiu em junho. Para adquirir os 12 produtos, na quantidade indicada pelo Decreto-Lei Nº 399/ 1938 (que regulamenta a ração essencial mínima do brasileiro), o cidadão feirense desembolsou R$ 375,03 em junho. Foi um valor 0,54% menor que aquele observado em maio (R$ 377,64).


 

O tomate foi o principal responsável pela queda do valor da cesta, uma vez que teve preço médio 11,84% menor que o verificado no mês anterior, seguido pela banana-prata que apresentou uma queda de 6,74%. Além desses dois produtos, a manteiga, o óleo, o açúcar e o café também registraram preços médios inferiores aos coletados no mês passado. Os demais produtos componentes da cesta (arroz; pão, farinha, feijão, leite e carne) apresentaram elevação nos preços, com destaque para o arroz, que aumentou 8,92% e o pão 5,67%. Já a farinha, o feijão, o leite e a carne, tiveram seus preços majorados, respectivamente, em: 5,17%; 5%; 4,21% e 1,47%.


 

Os três produtos que compõem a refeição básica do trabalhador (arroz, feijão e carne) mantiveram-se com peso significativo na cesta da ordem de 37,57%. Por sua vez, produtos associados ao café da manhã (café, leite, pão e manteiga) responderam por outra parcela importante da cesta básica: 31,18 %. As duas refeições básicas juntas (almoço e café da manhã) registraram um aumento de participação relativa no custo da cesta básica nesse último mês (68,75%), se comparada à relevância dessas mesmas refeições no valor da cesta de maio (66,33%).


 

Em junho de 2020, o custo da cesta em Feira de Santana comprometeu 38,8% do salário mínimo líquido R$ 966,63 (após o desconto previdenciário de 7,5%). Em maio, esse o percentual foi de 39,01%. Para a aquisição da cesta, o trabalhador, que recebe o salário mínimo, precisou despender 85 horas e 21 minutos do seu tempo de trabalho.

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Procon divulga pesquisa de preço de itens que compõem a cesta básica em Feira de Santana
Consumo

Procon divulga pesquisa de preço de itens que compõem a cesta básica em Feira de Santana

A pesquisa coletada no dia 23 de setembro comparou os preços de alimentos, produtos de limpeza e higiene pess...

Exército monta ponto de coleta de donativos no Boulevard
Feira de Santana

Exército monta ponto de coleta de donativos no Boulevard

Material está sendo arrecadado no estacionamento E5 e G1 do shopping até 04 de outubro.

Princesa FM entrega caminhão com móveis e eletros a moradora do Caseb
Feira de Santana

Princesa FM entrega caminhão com móveis e eletros a moradora do Caseb

Foram mais de 15 mil participações na promoção deste ano.

Vídeo

Trabalhadores do setor de eventos realizam ato pacífico no centro da cidade para pedir retorno das atividades Veja mais Vídeos ›

Facebook

Instagram