Acorda Cidade - Dilton Coutinho

11 de Agosto de 2020
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Saúde

Todas as notícias
Publicado em 29/06/2020 13h24.

Especialista ensina como diferenciar os sintomas da dengue, zika, chikungunya e covid-19

Diagnóstico das doenças provocadas pelo mosquito Aedes aegypti e pelo novo coronavírus favorece o tratamento correto
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Especialista ensina como diferenciar os sintomas da dengue, zika, chikungunya e covid-19
Foto: Divulgação

Acorda Cidade

As arboviroses dengue, zika e chikungunya, transmitidas pelo aedes aegypti ou popularmente chamado de mosquito da dengue, vêm preocupando a população e as autoridades de saúde na Bahia, além da covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Em Salvador, a Secretaria de Saúde do Estado (Sesab) registrou, de janeiro a maio deste ano, 8.400 casos de dengue, zika e chikungunya, um crescimento de 338% em relação ao mesmo período de 2019.

A Secretaria Municipal de Saúde de Feira de Santana informou que entre janeiro e abril deste ano houve um aumento de 64,77% dos casos de chikungunya em comparação ao mesmo período do ano passado. A questão é: como identificar e diferenciar uma doença da outra? Para esclarecer as dúvidas, a gerente de Operações Médicas do Grupo Vitalmed, Diana Serra, informa quais os sintomas das arboviroses e da covid-19 e o que as pessoas com suspeita de contaminação devem fazer para ter o diagnóstico e tratamento corretos.

Os principais sintomas da covid-19 se assemelham a um resfriado, com febre, tosse, dor de cabeça e dificuldade de respirar. A doutora Diana orienta que, em caso de febre a partir de 37,8ºC persistente, por mais de 72 horas (três dias), e falta de ar, procurar atendimento médico. A médica aconselha ainda que, antes de sair de casa, ligar para o serviço gratuito do Telecoronavírus 155 para falar com profissionais de saúde ou baixar o aplicativo Monitora Covid-19, que vai fazer o monitoramento e informar o serviço de referência mais próximo.

Nos casos de dengue, zika e chikungunya, não há manifestação de dificuldades respiratórias. Os principais sintomas da dengue são febre alta, dor no corpo e atrás dos olhos, fraqueza e vômitos. “A febre e a dor no corpo podem ser confundidas com a covid-19, mas o novo coronavírus provoca tosse e dificuldade para respirar”, ressalta Diana. A chikungunya também apresenta febre alta, acompanhada por dores musculares e nas articulações (pés, mãos, pulsos e cotovelos), além de dor de cabeça.

A zika se diferencia pelas erupções na pele com coceiras, febre baixa, olhos vermelhos, dor nas articulações, nos músculos e na cabeça. “No caso de alguma suspeita, procurar um hospital ou clínica de saúde para se consultar com um clínico geral ou infectologista”, orienta a médica, acrescentando que os sintomas das três arboviroses costumam durar de 7 a 10 dias. Já a covid-19, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o tempo de incubação é de até 14 dias, podendo se manifestar por cinco dias

O índice de casos das arboviroses em Salvador e Feira de Santana tem crescido devido às chuvas constantes e ao acúmulo de água em caixas d’água, vasos de planta, pneus, piscina e até bebedouro de animais. “A água parada é o principal causador da proliferação do mosquito aedes aegypti. É preciso lavar os recipientes que podem acumular água e eliminar as larvas, impedindo a reprodução do mosquito e contribuindo para reduzir os índices de infestação”, conclui a doutora Diana.

    

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Covid-19: Brasil tem 3,05 milhões de casos e 101,7 mil mortes
Boletim

Covid-19: Brasil tem 3,05 milhões de casos e 101,7 mil mortes

Mais de 2,16 milhões de brasileiros já se recuperaram da doença

Feira de Santana registra  17 casos de covid-19 nas últimas 24 horas; 110 resultados deram negativos
Boletim

Feira de Santana registra 17 casos de covid-19 nas últimas 24 horas; 110 resultados deram negativos

Segundo o boletim, há 1.761 casos ativos e 5.867 pessoas recuperadas.

Bahia registra 1.628 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas
Boletim

Bahia registra 1.628 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas

Dos 193.029 casos confirmados desde o início da pandemia, 175.287 já são considerados curados 13.789 encont...

Vídeo

Maternidade Santa Emília Veja mais Vídeos ›

Facebook

Instagram