Acorda Cidade - Dilton Coutinho

09 de Julho de 2020
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Brasil

Todas as notícias
Publicado em 27/05/2020 07h39.

Preço médio pago por respiradores foi de R$ 87 mil, diz CGU

Órgão auditou compras de estados e municípios durante pandemia.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Preço médio pago por respiradores foi de R$ 87 mil, diz CGU
Foto: Marcelo Casal Jr./Agência Brasil

Acorda Cidade

Agência Brasil - Uma auditoria da Controladoria-Geral da União (CGU) em compras efetuadas por estados e municípios aponta que o preço médio pago por respirador mecânico foi de R$ 87 mil. O equipamento funciona como ventilador pulmonar que dá suporte respiratório aos pacientes internados com a covid-19.

O valor pago por unidade variou de R$ 28 mil, o mais barato, para até R$ 367 mil, o mais caro, uma diferença de preço treze vezes maior entre um valor e outro. A informação é do ministro da CGU, Wagner Rosário, durante coletiva de imprensa na terça-feira (26), no Palácio do Planalto, para atualizar as ações de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus.

O levantamento da CGU começou no dia 15 de abril, abrangendo todos os estados, mais o Distrito Federal, incluindo cada uma das capitais e cidades com pelo menos 500 mil habitantes. No total, foram analisadas compras efetuadas por 377 entes federados (estados e municípios). Além da compra de respiradores, foram analisadas as aquisições de outros insumos para a saúde, como equipamentos de proteção individual, camas hospitalares, desfibriladores, entre outros.

De acordo com o ministro, 75% das compras realizadas em todos os municípios e estados analisados foram de até R$ 135 mil pagos por respirador. Já o que foi pago acima desse valor deverá passar por uma análise mais aprofundada da pasta para verificar possíveis irregularidades.

"Quando as compras chegam de R$ 135 mil pra cima, já se levanta um aviso de que a gente tem que atuar e estamos trabalhando no Brasil inteiro com essa pegada", afirmou Rosário. Ainda segundo o ministro, a pasta vai detalhar, nos próximos dias, os resultados da auditoria envolvendo os outros produtos adquiridos por estados e municípios.

Importação de máscaras

Durante a coletiva de imprensa, o governo federal também atualizou a chegada de mais uma carga de máscaras cirúrgicas que estão sendo importadas da China. A operação de logística envolve a realização de um total de 40 voos para o transporte de 240 milhões de máscaras, somando 960 toneladas de material.

"Nós já temos aí 10 voos executados, o décimo voo chegou hoje (26), com esses materiais adquiridos pelo Ministério da Saúde, que serão distribuídos para todas as unidades da federação. Recebemos 53 milhões de máscaras, que correspondem a 305 toneladas. Estamos andando bem com essa operação, temos voo chegando ao Brasil todos os dias", informou o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas.  

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Queda de avião de pequeno porte em São Paulo faz uma vítima
Brasil

Queda de avião de pequeno porte em São Paulo faz uma vítima

Bombeiros ainda não divulgaram notícias sobre vítimas.

Entregadores de aplicativos pedem legislação específica para categoria
Brasil

Entregadores de aplicativos pedem legislação específica para categoria

Em reunião com Maia, representantes reclamaram de jornadas exaustivas

Brasil

Cartórios do Brasil atuarão na proteção patrimonial e pessoal de idosos

População em maior vulnerabilidade durante a pandemia de Covid-19 será alvo de ações de esclarecimento e ...

Vídeo

Paciente do município de Ruy Barbosa recebe homenagem em Centro de Hemodiálise após vencer Covid-19 Veja mais Vídeos ›

Facebook

Instagram