Acorda Cidade - Dilton Coutinho

02 de Julho de 2020
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Feira de Santana

Todas as notícias
Publicado em 04/05/2020 16h52.

Empresas de ônibus vão demitir 293 rodoviários em Feira de Santana, informa sindicato

Segundo Nery, se não for encontrada uma alternativa para que possa suspender as demissões, os rodoviários podem parar as atividades por tempo indeterminado.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Empresas de ônibus vão demitir 293 rodoviários em Feira de Santana, informa sindicato
Foto: Acorda Cidade (Arquivo)

Daniela Cardoso

O presidente do Sindicato dos Rodoviários de Feira de Santana, Alberto Nery, informou ao Acorda Cidade que foi surpreendido ontem (3) com uma ligação de um dos proprietários das empresas Rosa e São João dizendo que as duas empresas estariam demitindo 293 funcionários.

Atualmente, devido a algumas medidas para conter a proliferação do coronavírus, a frota de ônibus foi reduzida na cidade e está operando com 50%. De acordo com Alberto Nery, os proprietários justificam a demissão com a alegação de que não estão faturando o satisfatório para o pagamento da folha e outras despesas.

“O que a gente ver nos meios de comunicação é que os ônibus estão andando lotados e mesmo assim eles dizem que não tem dinheiro para pagar. Da nossa parte não tem concordância e vamos tomar as medidas possíveis para a continuidade do emprego dos nossos colegas. Até aqui temos sido parceiros com a empresa, aderimos a medida que permitiu as empresas anteciparem as férias dos trabalhadores e o terço das férias só será pago em dezembro, também aderimos a medida que permite que a empresa pague apenas 30% do salário e o governo federal vai pagar 70% de complemento, então fizemos tudo que foi possível no sentido de que a empresa possa continuar operando sem demissões”, afirmou em entrevista ao Acorda Cidade.

O presidente do sindicato informou ainda que ligou para prefeito Colbert Martins para falar sobre a dificuldade que estava ocorrendo no pagamento da folha do dia 20 e que o prefeito contribuiu para que pudesse pagar, mas que agora os rodoviários foram surpreendidos com esse comunicado de demissão.

Para tentar resolver o problema, Nery disse ao Acorda Cidade que está entrando com um pedido de liminar para que sejam suspensas as demissões na Justiça do Trabalho e que vai comunicar ao prefeito e ao Ministério Público do Trabalho. Segundo ele, se não for encontrada uma alternativa para que possa suspender as demissões, os rodoviários podem parar as atividades por tempo indeterminado.

As informações são do repórter Paulo José do Acorda Cidade

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Feira de Santana

Engenheiro formado pela Uefs desenvolve respirador pulmonar de baixo custo

O Respiral 2.0, como foi batizado pelos pesquisadores, tem seus insumos em torno R$ 6.500,00, valor bem abaixo...

JBS realiza doação de camas clínicas para Feira de Santana
Feira de Santana

JBS realiza doação de camas clínicas para Feira de Santana

Ação integra o programa de responsabilidade social da empresa, “Fazer o Bem Faz Bem – Alimentando o Mundo ...

Aniversariante pede doações de presente para ajudar outras pessoas
Solidariedade

Aniversariante pede doações de presente para ajudar outras pessoas

Ele afirma que as doações terão total transparência do valor gasto em todas as etapas.

Vídeo

Entregadores de apps de Feira de Santana aderem a greve nacional e reivindicam melhores condições de trabalho Veja mais Vídeos ›

Facebook

Instagram