Acorda Cidade - Dilton Coutinho

25 de Setembro de 2020
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Saúde

Todas as notícias
Publicado em 01/05/2020 12h45.

Bahia registra 3.140 casos de Covid-19 e 117 óbitos

2.326 pessoas permanecem monitoradas pela vigilância epidemiológica e com sintomas da doença.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Bahia registra 3.140 casos de Covid-19 e 117 óbitos

Acorda Cidade

Atualizada às 17:45

A Bahia registra 3.140 casos confirmados de Covid-19, o que representa 21,3% do total de casos notificados no estado. Considerando o número de 697 pacientes recuperados e 117 óbitos, 2.326 pessoas permanecem monitoradas pela vigilância epidemiológica e com sintomas da Covid-19, o que são chamados de casos ativos.

Os casos confirmados ocorreram em 137 municípios do estado, com maior proporção em Salvador (63,54%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 1.000.000 habitantes são: Ilhéus (1336,81) Uruçuca (1072,18), Itabuna (923,92), Coaraci (765,02) e Salvador (694,55).

O boletim epidemiológico registra 7.931 casos descartados e 14.743 notificações em toda a Bahia. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com os Cievs municipais.

Taxa de ocupação

Na Bahia, dos 791 leitos disponíveis do Sistema único de Saúde (SUS) exclusivos para Covid-19, 306 possuem pacientes internados, o que representa uma taxa de ocupação de 39%. No que se refere aos leitos de UTI adulto e pediátrico, dos 318 leitos exclusivos para o coronavírus, 159 possuem pacientes internados, compreendendo uma taxa de ocupação de 50%. Cabe ressaltar que novos leitos serão abertos progressivamente mediante o aumento da demanda.

Óbitos

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) contabiliza 117 mortes pelo novo coronavírus nos seguintes municípios: Adustina (1); Água Fria (1); Araci (1); Belmonte (1); Camaçari (1); Capim Grosso (1); Catu (1), sendo que a paciente foi contaminada na capital baiana; Feira de Santana (1); Gongogi (2); Ilhéus (5); Ipiaú (2); Itabuna (3); Itagibá (1); Itapé (1); Itapetinga (2); Juazeiro (1); Lauro de Freitas (5), um dos óbitos era residente no Rio de Janeiro; Nilo Peçanha (1); Salvador (76); Ubaitaba (1); Uruçuca (4); Utinga (1); Vitória da Conquista (3). Estes números contabilizam todos os registros de janeiro até as 17h horas desta sexta-feira (1º).

107º óbito: Homem de 68 anos, residente em Salvador, com histórico de diabetes e doença renal. Estava internado em um hospital público na capital baiana, vindo na última terça-feira (28).

108º óbito: Homem de 78 anos, residente em Salvador, com histórico de diabetes, hipertensão e doença de parkisom. Estava internado em um hospital privado da capital, vindo a falecer na última quarta-feira (29).

109º óbito: Mulher de 42 anos, residente em Salvador, com histórico de trombose pulmonar. Estava internada em um hospital público da capital, vindo a falecer na última quarta-feira (29).

110º óbito: Homem de 52 anos, residente em Salvador, sem comorbidades. Estava internado em um hospital público da capital, vindo a falecer na última terça-feira (28).

111º óbito: Mulher de 69 anos, residente em Salvador, com histórico de doença de Alzheimer e depressão. Estava internada em um hospital filantrópico da capital, vindo a falecer na última quarta-feira (29).

112º óbito: Homem de 58 anos, residente em São Francisco do Conde, com histórico de hipertensão e doença renal crônica. Estava internado em um hospital privado de Candeias, vindo a falecer na última quarta-feira (29).

113º óbito: Mulher de 66 anos, residente em Salvador, com histórico de diabetes, doença cardiovascular e obesidade. Estava internada em um hospital público da capital, vindo a falecer ontem (30).

114º óbito: Homem de 82 anos, residente em Salvador, com histórico de hipertensão, doença cardiovascular, obesidade, epilepsia e histórico de AVC. Estava internado em um hospital federal da capital, vindo a falecer no dia 25 de abril.

115° Óbito: mulher de 71 anos residente em Salvador. Apresentou os primeiros sintomas no dia 12 de abril, indo a óbito no dia 30 de abril, em um hospital público da capital. Ela tinha doença cardiovascular, hipertensão arterial e diabetes.

116° Óbito : homem de 49 anos residente em Ilhéus. Apresentou os primeiros sintomas no dia 14 de abril e foi a óbito no dia 30 de abril em um hospital público de Salvador. Não tinha registro de comorbidades.

117° Óbito: homem de 45 anos residente em Salvador. Apresentou os primeiros sintomas no dia 10 de abril e foi a óbito em um hospital provado da capital no dia 30 de abril. Não rinha registro de comorbidades.

Faixa etária

Quanto ao sexo dos casos confirmados, 58,78% foram do sexo feminino. A faixa etária mais acometida foi a de 30 a 39 anos, representando 27,39% do total. O coeficiente de incidência por 1.000.000 de habitantes foi maior na faixa etária de 80 anos ou mais (469,61/1.000.000 habitantes), indicando que o risco de adoecer foi maior nesta faixa etária, seguida da faixa de 30 a 39 anos (374,87/1.000.000 habitantes).

Ressaltamos que os números são dinâmicos e, na medida em que as investigações clínicas e epidemiológicas avançam, os casos são reavaliados, sendo passíveis de reenquadramento na sua classificação.

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Hospital Geral Roberto Santos inaugura a mais moderna cozinha hospitalar do Brasil
Saúde

Hospital Geral Roberto Santos inaugura a mais moderna cozinha hospitalar do Brasil

A nova estrutura conta com climatização no refeitório e na área de produção, além de funcionar 100% a g...

Covid-19: Feira tem o menor índice de mortes da Bahia, entre os maiores municípios
Saúde

Covid-19: Feira tem o menor índice de mortes da Bahia, entre os maiores municípios

A cidade teve uma queda de 50% na quantidade de óbitos em comparação com a semana anterior.

Covid-19: Brasil tem 139 mil mortes e 4,65 milhões de casos acumulados
Boletim

Covid-19: Brasil tem 139 mil mortes e 4,65 milhões de casos acumulados

Do total de infectados, 86,4% se recuperaram da doença

Vídeo

Veja como ficou a Avenida Senhor dos Passos após remoção das barracas Veja mais Vídeos ›

Facebook

Instagram