Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • Fique em casa PMFS
  • Fique em casa PMFS
  • SECOM 2
  • SECOM BAHIA CONTRA CORONAVIRUS
07 de Abril de 2020
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Política

Todas as notícias
Publicado em 17/02/2020 19h21.

Aumento do tempo de uso de veículo atende trabalhadores do transporte complementar, avalia Robinson

Antes, Subsistema Complementar Regional tinha a idade máxima de 5 anos de fabricação, no ato de assinatura do termo de permissão, e utilização limitada a 10 anos de fabricação.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Aumento do tempo de uso de veículo atende trabalhadores do transporte complementar, avalia Robinson
Foto: Divulgação/Ascom

Acorda Cidade

Presidente da Comissão Especial para a Regularização do Transporte Complementar da Bahia, o deputado estadual Robinson Almeida (PT), comemorou a nova Resolução N°07/2020, da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (AGERBA), em que aumenta o tempo de utilização do veículo para transporte complementar metropolitano, regional e rural.

Antes, Subsistema Complementar Regional tinha a idade máxima de 5 anos de fabricação, no ato de assinatura do termo de permissão, e utilização limitada a 10 anos de fabricação; Subsistema Complementar Rural, até 10 anos de fabricação, no ato de assinatura do termo de permissão, e utilização limitada a 15 anos de fabricação e o Subsistema Complementar Metropolitano, idade máxima de 5 anos de fabricação, no ato de assinatura do termo de permissão, e utilização limitada a 10 anos de fabricação.

“Essa era uma das lutas da Comissão, pois o tempo de utilização do veículo era muito curto. Essa era uma das exigências que dificultava a grande presença de condutores nas licitações, pois não é todo condutor que tem condições financeiras de trocar o carro em poucos anos. “O transporte complementar é muito importante para toda a população da Bahia, pois supre a necessidade operacional no sistema de transporte de pessoas e também movimenta a nossa economia” refletiu o parlamentar.

Nova resolução

A Nova Resolução diz que, para o Subsistema Complementar Metropolitano tem a idade máxima é de 8 anos de fabricação, no ato de assinatura do termo de permissão, e utilização limitada a 13 anos de fabricação. Para Subsistema Complementar Regional, até 10 anos de fabricação, no ato de assinatura do termo de permissão, e utilização limitada a 15 anos de fabricação. Já o Subsistema Complementar Rural, até 15 anos de fabricação, no ato de assinatura do termo de permissão, e utilização limitada a 20 anos de fabricação. 

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Mandetta diz que continua no cargo de ministro da Saúde
Política

Mandetta diz que continua no cargo de ministro da Saúde

"Continuando nós vamos enfrentar o nosso inimigo, que é a covid-19"

TSE vai decidir se Novo pode destinar fundo partidário para covid-19
Política

TSE vai decidir se Novo pode destinar fundo partidário para covid-19

Consulta será examinada "com devida urgência, diz ministro

Política

Extensão do projeto estadual de primeiro emprego é proposta na ALBA de forma emergencial durante a pandemia

Segundo o legislador, há pesquisas da própria Fundação Luiz Eduardo Magalhães (FLEM), que gerencia o proj...

Vídeo

Prefeito prorroga fechamento do comércio de Feira até dia 13 Veja mais Vídeos ›

Podcast

Ouça o Programa desta terça-feira 07.04:
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram