Acorda Cidade - Dilton Coutinho

15 de Dezembro de 2019
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Feira de Santana

Todas as notícias
Publicado em 10/09/2019 19h08.

Setembro Amarelo: HEC realiza roda de conversa sobre suicídio e saúde mental

O médico psiquiatra Gabriel Cedraz destacou a importância da atividade.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Setembro Amarelo: HEC realiza roda de conversa sobre suicídio e saúde mental
Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Laiane Cruz

Foi realizada nesta terça-feira (10) uma roda de conversa no Hospital Estadual da Criança (Hec), com o tema ‘Diálogos sobre suicídio e saúde mental, porque viver vale a pena’. A ação foi voltada para os colaboradores da unidade, como parte da programação do Setembro Amarelo, que visa conscientizar a população sobre o suicídio.

O médico psiquiatra Gabriel Cedraz destacou a importância da atividade. “Isso é importante não só para o hospital, mas também para a cidade de Feira, e o país, pois estamos vivendo uma epidemia no que tange a essa questão do suicídio, e a faixa etária que está mais aumentando, é entre 10 e 19 anos. Nós estamos alertando as pessoas para que a gente possa superar o estigma que está existindo, quanto à questão da doença mental, que está quase sempre por trás das tentativas de suicídio ou dos casos já consumados”, afirmou.

Ele ressaltou ainda que é preciso observar os sinais de alerta do suicídio como depressão, isolamento, crianças e adolescentes que ficam se cortando, que falam em morrer. “A saúde mental precisa ainda melhorar bastante pra que a população possa ter acesso aos cuidados, sobretudo psiquiátricos e psicoterapêuticos. Então uma pessoa com esse risco a gente tem que encaminhar para tratamento, além da gente acolher.”

Paulo Souza, que é voluntário do Centro de Valorização da Vida (CVV), falou sobre o trabalho da entidade no acolhimento de pessoas que sofrem de diversos tipos problemas emocionais e psicológicos.

“Nós viemos mostrar a importância da escuta, do acolhimento. No posto de Feira, estamos na Rua Senador Quintino, 713, Olhos D’Água. Lá fazemos o atendimento através do telefone 188. Esse telefone é gratuito, e funciona 24 horas, gratuito. A pessoa pode ligar de fixo ou móvel e tem o atendimento presencial. A pessoa que sentir e quiser ir lá no horário comercial fazemos esse acolhimento”.

De acordo com ele, existem várias maneiras da população ajudar. “Você pode ser um voluntário. Através do www.cvv.org.br, a pessoa faz um cadastro e assim que tivermos uma nova turma de formação entraremos em contato. A comunidade pode ajudar também com recursos. Hoje o posto de Feira e todos os outros postos do Brasil são todos mantidos por nós, tudo é rateado entre os colaboradores”, explicou.

Com informações do repórter Ed Santos do Acorda Cidade.                                                               

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Túnel equipado com tubos de LED vai iluminar Getúlio Vargas
Feira de Santana

Túnel equipado com tubos de LED vai iluminar Getúlio Vargas

O equipamento está sendo montado em Feira de Santana pela primeira vez.

Dom Itamar celebra missa em Ação de Graças e amigos e católicos comemoram a sua recuperação
Feira de Santana

Dom Itamar celebra missa em Ação de Graças e amigos e católicos comemoram a sua recuperação

Participaram da celebração muitos católicos, amigos, médicos que acompanham o tratamento do religioso e o ...

Grandes shows do Natal Encantado começam 2ª feira na praça Padre Ovídio, com Fafá de Belém e Orquestra Afrosinfônica
Natal Encantado

Grandes shows do Natal Encantado começam 2ª feira na praça Padre Ovídio, com Fafá de Belém e Orquestra Afrosinfônica

Será uma noite de muita MPB, músicas românticas e, porque não, carimbo, tradicional, alegre e dançante ri...

Vídeo

Aluno da UFRB é acusado de racismo por recusar documento de docente negra Veja mais Vídeos ›

Podcast

Ouça o Programa desta sexta-feira 13.12:
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram