Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • SECOM - BAHIA AQUI É TRABALHO
  • Lab Sebrae Instagram
18 de Novembro de 2019
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Política

Todas as notícias
Publicado em 20/07/2019 16h45.

Senador Otto Alencar diz que Fernando Torres foi discriminado em Feira

O ex-deputado Fernando Torres confirma que não teve apoio de José Neto.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Senador Otto Alencar diz que Fernando Torres foi discriminado em Feira
Foto: Ney Silva/Acorda Cidade

Laiane Cruz e Ney Silva

O Senado da República deverá fazer muitas modificações na Reforma da Previdência. Essa é a expectativa do presidente do PSD na Bahia, senador Otto Alencar. O projeto está em tramitação na Câmara dos Deputados e já foi aprovado em primeiro turno.

O senador participou de um café da manhã neste sábado com a participação do presidente da Câmara Municipal José Carneiro, de ex-vereadores, do deputado estadual Eduardo Alencar, do ex-deputado federal Fernando Torres, que promoveu o evento, e outras lideranças.

O senador Otto Alencar explicou em entrevista ao Acorda Cidade, sua posição com relação à reforma da Previdência.

“A minha posição é observar aquilo que a Câmara vai mandar. Eu acredito que vai ter modificações no senado. Uma das modificações que devem ser feitas é a questão da idade do regime geral da Previdência, de 65 anos para homem e 62 para mulheres. A questão da pensão por morte, que a Câmara aprovou no primeiro turno reduzindo, é preciso modificar, pois não é possível que o trabalhador de um salário mínimo morra e sua viúva tenha redução da sua pensão em 40%. Eu orientei no primeiro turno a votação de cinco deputados federais, primeiro porque o PSD fechou questão que quem não votasse iria sair do partido, e segundo por causa dessas modificações”, informou.

O senador Otto Alencar falou também sobre a decisão do ex-deputado federal Fernando Torres em decidir sair pré-candidato a vereador.

“Fernando Torres tem toda autonomia para tomar a decisão que quiser. Vai ser o único caso na Bahia que o PSD vai abrir exceção. Aqui Fernando Torres se achou muito discriminado pelo deputado Zé Neto, não pelo governador Rui Costa e, segundo ele, não houve nenhuma posição do estado. Houve uma clara discriminação da posição dele, embora tenha votado contra o impeachment da ex-presidente Dilma, contra a Reforma Trabalhista”, disse.

O ex-deputado Fernando Torres confirma que não teve apoio de José Neto, a quem chamou de individualista e disse que não está rompendo com o governo do estado.

“Eu não estou rompendo com o governo do estado. Agora, em Feira de Santana, não tenho condições de fazer uma parceria com o deputado Zé Neto, porque ele é muito individualista, por isso a gente não tem como seguir com o deputado”, argumentou.

Depois do café da manhã, Otto Alencar e sua equipe de amigos e assessores seguiram para a cidade de Santo Estevão para anunciar melhorias em rodovias naquele município.
 

O Deputado Federal José Neto afirmou que prefere não responder a Fernando Torres, mas que mais adiante espera conversar com ele.

"Quem mais conversa com todos na cidade sou eu. Converso com empresários, e os trabalhadores sabem meu DNA. Eu prefiro não responder a Fernando. Eu estava em Santo Estevão com ele no sábado e ele disse que apesar da nossa composição ser com vermelhos e azuis, ele em Feira de Santana ficará sem os vermelhos, pois não apoiará o PT. Eu brincando também disse que eu estava de azul em homenagem a ele. Não vou polemizar, pois cada um tem sua opinião e isso muda. E quem não tem opinião não devia estar na política. Tem muito tempo lá na frente e espero lá na frente conversar", respondeu. 

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Bruno Covas deixa hospital após 23 dias internado
São Paulo

Bruno Covas deixa hospital após 23 dias internado

Bruno Covas voltará ao hospital no próximo dia 25, uma segunda-feira, para fazer exames preparatórios para ...

Bolsonaro anuncia saída do PSL e criação de novo partido
Aliança pelo Brasil

Bolsonaro anuncia saída do PSL e criação de novo partido

Presidente se filiou ao PSL em 2018 para disputar eleição.

Ministro diz que reforma da Previdência já atrai investidores
Política

Ministro diz que reforma da Previdência já atrai investidores

De acordo com o ministro, já se observa uma expansão no varejo, na atividade industrial e recuperação mode...

Vídeo

I Feirão da Casa do Trabalhador atrai centenas de candidatos e gera tumulto Veja mais Vídeos ›

Podcast

Quadro Cá Entre Nós - 16.11
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram