Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • SECOM - BAHIA AQUI É TRABALHO
  • SECOM - BAHIA AQUI É TRABALHO
18 de Novembro de 2019
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Toque Esportivo

Todas as notícias
Publicado em 19/07/2019 14h08.

Gabriel Medina é campeão da etapa sul-africana do mundial de surfe

Com o título, Medina subiu da oitava para a sétima posição no ranking mundial.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra

Acorda Cidade

Agência Brasil - Em uma final brasileira hoje (19) na Praia de Supertubes, em Jeffreys Bay, na África do Sul, Gabriel Medina conseguiu seu primeiro título no circuito mundial de surfe deste ano. Com notas 9,77 e 9,73, Medina superou o compatriota Ítalo Ferreira e venceu a Corona Open J-Bay, a sexta de onze etapas do mundial.

Com o título, Medina subiu da oitava para a sétima posição no ranking mundial, com 26.895 pontos, ultrapassando o norte-americano Kelly Slater. Apesar da vitória, Medina ainda está fora da zona de classificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

Para se classificar para a olimpíada, é preciso não só ficar entre os dez primeiros colocados do circuito, como também ser um dos dois brasileiros mais bem posicionados, porque cada país só pode classificar dois atletas por categoria.

À frente de Medina, estão os brasileiros Filipe Toledo, que terminou em terceiro na etapa de J-Bay e está em segundo colocado no mundial, com 33.280 pontos, e o vice-campeão da etapa, Ítalo Ferreira, em quarto com 29.950.

Além da vaga para Tóquio, Medina busca seu terceiro título mundial. Ele foi campeão em 2014 e 2018. A classificação do circuito mundial de surfe deste ano é liderado pelo norte-americano Kolohe Andino, com 33.845 pontos. A próxima etapa será disputada em Teahupo’o, no Taiti, entre 21 de agosto e 1º de setembro.

Mulheres
No feminino, as duas brasileiras, Silvana Lima e Tatiana Weston-Webb, foram eliminadas nas oitavas de final. Com o resultado, Tatiana caiu da sétima para a oitava posição no mundial, com 25.120 pontos, mas ainda está dentro da zona de classificação para Tóquio 2020, já que as oito melhores entram na olimpíada.

Tatiana está à frente da costarriquenha Brisa Hennessy, que tem 21.840 pontos. Já Silvana Lima subiu da 14ª para a 13ª posição na nking, com 16.800 pontos. O mundial feminino é agora liderado pela havaiana Carissa Moore, que conquistou o título da etapa de J-Bay, e está com 41.175 pontos.


 

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Flamengo vence Grêmio e pode ser campeão Brasileiro no próximo domingo
Campeonato Brasileiro

Flamengo vence Grêmio e pode ser campeão Brasileiro no próximo domingo

A equipe carioca soma 21 jogos de invencibilidade no Brasileirão

Bahia empata com o Palmeiras na Fonte Nova
Campeonato Brasileiro

Bahia empata com o Palmeiras na Fonte Nova

O resultado deixou o Esquadrão com 44 pontos na tabela de classificação, em 9º lugar.

Arena Cajueiro será ampliada para a temporada 2020
Feira de Santana

Arena Cajueiro será ampliada para a temporada 2020

O estádio deverá ser ampliado para cerca de 4.500 lugares.

Vídeo

I Feirão da Casa do Trabalhador atrai centenas de candidatos e gera tumulto Veja mais Vídeos ›

Podcast

Quadro Cá Entre Nós - 16.11
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram