Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • SECOM
17 de Julho de 2019
Dólar: R$ 3,84 Euro: R$ 4,39
-17º -17º Feira de Santana
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Dilton e Feito

Todas as notícias
Publicado em 11/07/2019 15h27.

Previdência: Maia quer concluir votação em dois turnos até sexta-feira

O plenário retomará os trabalhos nesta quinta-feira para votar os destaques ao texto-base.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Previdência: Maia quer concluir votação em dois turnos até sexta-feira
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse hoje (11) que espera concluir a votação em dois turnos da proposta de emenda à Constituição (PEC 6/19) da reforma da Previdência até amanhã (12). O plenário retomará os trabalhos nesta quinta-feira para votar os destaques ao texto-base. Ao chegar à Casa, Maia afirmou que vai trabalhar para concluir a etapa de votação do primeiro turno na noite desta quinta-feira. “E vamos votar o segundo turno amanhã. Essa é a minha expectativa”. Ontem (10) à noite, o plenário aprovou o texto original da reforma da Previdência por 379 votos a favor e 131 contra. Na sequência, os deputados rejeitaram um destaque que pretendia retirar os professores da reforma da Previdência. Por 265 a 184, com duas abstenções, os parlamentares decidiram manter as regras para os professores que constam no texto-base. Maia continua a negociação com líderes partidários sobre destaques e emendas. Os destaques mais aguardados são o que aumenta a aposentadoria para as trabalhadoras da iniciativa privada e o que suaviza as regras de aposentadorias para policiais e agentes de segurança que servem à União. O presidente da Câmara também disse não ter garantia de que um destaque do PDT, que diminui a idade mínima de aposentadoria dos professores da ativa para 52 para as mulheres e 55 anos para os homens será rejeitado pelo plenário. Segundo Maia, as propostas relacionadas a essa categoria são difíceis, mas destacou que, se for aprovado, o impacto fiscal ao longo dos dez anos não é tão elevado. As informações são da Agência Brasil.

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

'Resumindo, Feira de Santana perdeu uma companhia de polícia', dispara Magno Felzemburg sobre mudanças
Feira de Santana

'Resumindo, Feira de Santana perdeu uma companhia de polícia', dispara Magno Felzemburg sobre mudanças

'Foi uma promessa política na campanha do ano passado que fizeram, que iam levar uma companhia para o distrit...

'Não é nenhum trauma', diz Rui sobre aumento da idade mínima para servidores
Política

'Não é nenhum trauma', diz Rui sobre aumento da idade mínima para servidores

Rui lembrou que a expectativa de vida no Brasil tem aumentado, e que, atualmente, em nenhum país desenvolvido...

Bolsonaro participa da cúpula de chefes de Estado do Mercosul
Política

Bolsonaro participa da cúpula de chefes de Estado do Mercosul

Durante o encontro, o Brasil vai assumir a presidência pró-tempore (rotativa) do bloco sul-americano pelos p...

Vídeo

Encontrando o PM que salvou a vida de garotinha; veja como foi o reencontro com a avó Veja mais Vídeos ›

Podcast

Prefeitura vai investir cerca de R$ 40 milhões em centro educacional na área do Feira Tênis Clube
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram