Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • SECOM - BAHIA AQUI É TRABALHO
22 de Novembro de 2019
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Entretenimento

Todas as notícias
Publicado em 04/07/2019 14h47.

No aniversário de 50 anos, Jornal Nacional vai ter apresentadores de todo o Brasil

Jornalistas das afiliadas vão assumir bancada aos sábados
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
No aniversário de 50 anos, Jornal Nacional vai ter apresentadores de todo o Brasil
Foto: Reprodução

Acorda Cidade

Em setembro, mês em que completa 50 anos, o Jornal Nacional vai promover um rodízio de apresentadores de todos os Estados brasileiros, mais o distrito federal, em sua bancada. Durante três meses, até o fim de novembro, o telejornal mais antigo do país vai dar destaque a dois âncoras das afiliadas da Globo aos sábados, rostos desconhecidos na maior parte do país, alguns com sotaques bem diferentes dos titulares do Sudeste.

De acordo com informações da Notícias da TV, a emissora continuará selecionando a cada fim de semana um homem e uma mulher para substituir os apresentadores William Bonner e Renata Vasconcelos.

Os apresentadores do JN por um sábado já estão sendo escolhidos, mas nenhum nome foi confirmado pela emissora. A novidade foi comunicada nesta semana às afiliadas, onde a especulação é ainda maior. Afinal, a oportunidade de apresentar o JN pode ser única para os escolhidos, que terão uma projeção inédita, para todo o país.Na Bahia, é provável que seja a jornalista Jéssica Senra a assumir a bancada do telejornal mais antigo da Globo.

Durante os três meses de rodízio nacional na bancada do JN, os atuais substitutos de Bonner e Renata Vasconcelos ficarão temporariamente fora da escala aos sábados. São os casos de Maju Coutinho, César Tralli, Monalisa Perrone e Rodrigo
Bocardi, entre outros.

Criado em 1969 para integrar todo o Brasil, o Jornal Nacional finalmente vai levar essa integração para sua bancada. Nos bastidores, há quem especule que a solução tem razões menos festivas, e mais estratégicas, já que as afiliadas da Globo têm tido dificuldade com o jornalismo local. A Record têm se saído melhor nos índices de audiência na Bahia, em Goiás, Espírito Santo, Minas Gerais, Pará e Distrito Federal. Em Salvador e Goiânia, a situação é mais grave.

Fonte: Correio24hs

 

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Thalma de Freitas é a única representante do Brasil no Grammy 2020
Entretenimento

Thalma de Freitas é a única representante do Brasil no Grammy 2020

Residente em Los Angeles, artista carioca é indicada na categoria de jazz latino por álbum assinado com o co...

Veja o que vai acontecer hoje (21) na sua novela favorita
Entretenimento

Veja o que vai acontecer hoje (21) na sua novela favorita

Os resumos dos capítulos são disponibilizados pelas emissoras e estão sujeitos a mudanças em função da e...

Veja o que vai acontecer hoje (20) na sua novela favorita
Entretenimento

Veja o que vai acontecer hoje (20) na sua novela favorita

Os resumos dos capítulos são disponibilizados pelas emissoras e estão sujeitos a mudanças em função da e...

Vídeo

Superintendente de Operação Norte da Embasa esclarece sobre falta de água em Feira de Santana Veja mais Vídeos ›

Podcast

Ouça o Programa desta quinta-feira 21.11:
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram