Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • SECOM
18 de Julho de 2019
Dólar: R$ 3,84 Euro: R$ 4,39
-17º -17º Feira de Santana
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Educação

Todas as notícias
Publicado em 14/06/2019 16h15.

Em ato da público da UFRB em prol de recursos para a construção de sede definitiva, deputado garante emenda de R$ 1 milhão

A UFRB terá sua sede definitiva instalada entre a BR-116 Sul e a Estrada do Feijão.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Em ato da público da UFRB em prol de recursos para a construção de sede definitiva, deputado garante emenda de  R$ 1 milhão
Foto: Paulo José / Acorda Cidade

Daniela Cardoso

Atualizada às 18:59

Servidores, professores e estudantes do campus da Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB) em Feira de Santana, realizaram na manhã desta sexta-feira (14), um ato público com plantação de mudas de árvores, para chamar atenção e cobrar a garantia de recursos para a construção da sua sede definitiva. Na oportunidade, o deputado federal Zé Neto anunciou uma emenda individual de um milhão de reais, que será designada para a UFRB, que terá sua sede definitiva instalada entre a BR-116 Sul e a Estrada do Feijão.

Foto: Paulo José / Acorda Cidade

“Já tive semana passada com o reitor, já conversei com outros deputados federais da bancada para que a gente possa trabalhar, independente de partido, uma ementa coletiva, porque a URFB não é só um sonho de Feira. Ela já está funcionando, já estamos caminhando aqui e ela precisa ser ampliada, expandir seus horizontes. Eu não tenho nenhuma dúvida que essa região sul vai ser o futuro dessa cidade, eu acho que aqui cabe construir um grande Porto Seco para a gente tirar o atacado do Centro de Abastecimento. Com a UFRB aqui já existem outros projetos imobiliários, acho que essa região sul é extraordinária. Vamos trabalhar para que a gente possa construir o mais rápido possível esse campus que vai ser a Universidade Federal do Recôncavo Baiano por enquanto, mas adiante vai ser o campus da Universidade Federal de Feira de Santana”, afirmou.

A diretora do campus da UFRB, Suzana Pimentel, destacou que o objetivo do ato público foi sinalizar para Feira de Santana e toda região e principalmente para o governo federal, para os deputados que estão em Brasília, que já existe um terreno em Feira de Santana para a construção da sede própria da UFRB.

“A UFRB é uma realidade nessa cidade, já temos um trabalho grande, tanto no ensino, na pesquisa e na extensão. São quase mil alunos que estão ali naquela universidade em cursos de graduação, de mestrado, então viemos aqui hoje para sinalizar que o terreno já é nosso e que agora nós precisamos destes recursos. O projeto arquitetônico já está pronto e precisamos do recurso para começar a obra. Nós acreditamos que com essa sinalização hoje pela manhã do deputado Zé Neto, que em breve iniciaremos o processo de construção. Sabemos que uma emenda de um parlamentar não consegue sozinho construir um campo, mas nós acreditamos que isso não é questão de um parlamentar apenas, isso é questão de todos os parlamentares que estão em Brasília, que são de Feira de Santana, que são da Bahia e que podem nos ajudar”, afirmou em entrevista ao Acorda Cidade.

Fotos: Paulo José / Acorda Cidade

Ela informou que apesar do projeto arquitetônico está pronto, ainda não foi feito o orçamento da obra, mas que já está sendo feita uma proposta de zoneamento do terreno e o projeto arquitetônico do multiuso. A diretora do campus acredita que um recurso da ordem de trinta milhões de reais vai ajudar a, pelo menos, construir o prédio multiuso.

Corte no orçamento

Com relação ao corte do governo federal de 32% do orçamento da UFRB, Suzana Pimentel acredita que o governo está ouvindo as manifestações nas ruas e que haverá um compasso entre o que a rua está dizendo, entre o que as universidades e institutos estão dizendo e que esse corte pode ser revertido, assim como a liberação de recursos para construção dos campus que já estão iniciados e que precisam sair do aluguel.

“A situação realmente é preocupante, grave. Nós falamos isso e temos uma preocupação real com o funcionamento da universidade a partir do mês de setembro, mas já conversamos com o INED, que é o locador do espaço onde estamos e foi sinalizado para nós que o INED entende e tem acompanhado o que tem acontecido no cenário federal. Esperamos que a gente consiga dar conta no nosso trabalho e desenvolver o segundo semestre de 2019”, afirmou.

Com informações do repórter do repórter Paulo José do Acorda Cidade

Foto: Paulo José / Acorda Cidade 

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Educação

Greve de professores municipais deixa escolas de Antônio Cardoso sem aulas há 10 dias

Docentes reivindicam reajuste salarial. prefeitura disse que não tem como aumentar salários, por causa de qu...

Cursos gratuitos e online para estudantes de Direito
Educação

Cursos gratuitos e online para estudantes de Direito

As capacitações abrangem conhecimentos sobre a área jurídica e empreendedorismo

Prefeitura de Feira confirma parceria com a Uefs para a realização da 12ª Feira do Livro
Flifs

Prefeitura de Feira confirma parceria com a Uefs para a realização da 12ª Feira do Livro

Evento será na Praça Padre Ovídeo (a Praça da Matriz).

Vídeo

Encontrando o PM que salvou a vida de garotinha; veja como foi o reencontro com a avó Veja mais Vídeos ›

Podcast

Prefeitura vai investir cerca de R$ 40 milhões em centro educacional na área do Feira Tênis Clube
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram