Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • SECOM
18 de Outubro de 2019
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Dilton e Feito

Todas as notícias
Publicado em 14/06/2019 12h04.

AL-BA marca votação de diretrizes orçamentárias do estado para terça-feira

O projeto orienta o investimento do poder Executivo e é a segunda proposição em importância.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
AL-BA marca votação de diretrizes orçamentárias do estado para terça-feira
Foto: Reprodução / Agência AL-BA

Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) marcou para próxima terça-feira (18) a votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2020. O projeto orienta o investimento do poder Executivo e é a segunda proposição em importância entre as que são apreciadas anualmente pela Casa, atrás apenas do orçamento, votado no final do ano. Segundo a LDO 2020, a previsão das receitas do estado para o ano de 2020 é da ordem de R$ 48,9 bilhões, superior em 5,1% à de 2019. Já a taxa de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) baiano para 2020 é estimada em 2,5%. Tanto o presidente do Legislativo quanto o secretário de Planejamento relacionaram os prognósticos ao cenário nacional. O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), deputado Nelson Leal, recebeu diretamente das mãos do secretário estadual do Planejamento, Walter Pinheiro, e do governador em exercício, João Leão, a matéria, em maio. Na época, de acordo com a Agência AL-BA, as autoridades foram uníssonas quanto às prioridades apresentadas no projeto – na Educação, com incentivo à permanência de jovens nas escolas e a expansão da educação profissional; na Segurança, com a prevenção e o enfrentamento à criminalidade com ênfase em uso de tecnologias; e na Saúde, com o fortalecimento e a regionalização do sistema – sobretudo ao objetivar a redução das desigualdades nos 27 territórios de identidade do Estado. A LDO é a segunda proposição em importância entre as que são apreciadas anualmente pela Casa, atrás apenas do orçamento, votado no final do ano. Ambas têm prazo fixado pela Constituição estadual para serem aprovadas: 30 de junho para a LDO e 15 de dezembro para o orçamento. Só após a aprovação dessas matérias começam os recessos de julho e de fim de ano, respectivamente, sendo sobrestadas a apreciação de todas as outras matérias constantes na pauta de votações.  As informações são do Bahia Notícias. 

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Robinson critica ACM Neto por não cobrar Bolsonaro sobre vazamento de petróleo; 'não tem prestígio'
Política

Robinson critica ACM Neto por não cobrar Bolsonaro sobre vazamento de petróleo; 'não tem prestígio'

O litoral brasileiro é área de domínio e responsabilidade da União.

Vereador de Salvador Edvaldo Brito acaba de ser eleito imortal da Academia de Letras da Bahia
Política

Vereador de Salvador Edvaldo Brito acaba de ser eleito imortal da Academia de Letras da Bahia

Ele vai ocupar a cadeira de número 3, que tem como patrono o poeta Manuel Botelho de Oliveira.

Roma diz ter atuado como 'bombeiro' para apaziguar briga entre PSL e Bolsonaro
Política

Roma diz ter atuado como 'bombeiro' para apaziguar briga entre PSL e Bolsonaro

“Eu vejo isso com muita preocupação, uma vez que é através da política, através de todo o trâmite da a...

Vídeo

Incêndio em oficina destrói veículos e assusta moradores do bairro Pedra do Descanso Veja mais Vídeos ›

Podcast

Ouça o Programa desta Sexta-Feira 18.10:
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram