Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • SECOM
21 de Setembro de 2019
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Dilton e Feito

Todas as notícias
Publicado em 12/06/2019 14h58.

Morre ex-presidente do TCE-BA Adhemar Bento Gomes

Como presidente do TCE-BA, teve atuação decisiva no processo de informatização e da introdução de um novo enfoque para realização de auditoria que o Tribunal passou a desenvolver.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Morre ex-presidente do TCE-BA Adhemar Bento Gomes
Foto: Divulgação/TEC-BA

Faleceu nesta quarta-feira (12) o conselheiro aposentado e ex-presidente do Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE-BA) Adhemar Martins Bento Gomes, aos 86 anos, após um período de internação no Hospital Aliança. Adhemar Bento Gomes integrou os quadros da Corte de Contas da Bahia durante 21 anos (foi empossado como conselheiro em 1981), tendo sido presidente quatro vezes, nos biênios 1984/1985, 1994/1995, 2000/2001 e 2002/2003, quando aposentou-se, em 18 de setembro de 2002. A cerimônia de sepultamento será realizada amanhã (quinta-feira, 13.06), às 10h30min, no Cemitério Jardim da Saudade.Figura muito querida pelos colegas e pelos servidores da Casa de Contas e Controle baiana, ele recebeu uma emocionada homenagem na sua despedida do TCE-/BA, após 47 anos ocupando funções no serviço público, além de ter sido professor de Ciência Política da Faculdade de Direito da Universidade Católica do Salvador. Diplomado em Direito, com pós-graduação em Administração Pública, o conselheiro ingressou no serviço público em 1961, como delegado titular da Delegacia de Menores. Coordenou a reforma Administrativa da Secretaria da Segurança Pública e participou da implementação das mudanças que ocorreriam na estrutura da administração do governo estadual, entre 1976 e 1979, na função de diretor do extinto Departamento de Administração Geral (DAG), órgão que viria a se transformar na Secretaria de Administração, pasta da qual foi o primeiro titular.Como presidente do TCE-BA, teve atuação decisiva no processo de informatização e da introdução de um novo enfoque para realização de auditoria que o Tribunal passou a desenvolver, priorizando a fiscalização operacional dos recursos públicos sob os aspectos de economia, eficiência e eficácia, observando a avaliação dos resultados dos programas governamentais, de acordo com a Constituição Federal e a Lei de Responsabilidade Fiscal.

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Com pente-fino em contratos, governo espera poupar 30% na área de TI
Dilton e Feito

Com pente-fino em contratos, governo espera poupar 30% na área de TI

A ideia é uniformizar preços, promover renegociações e pressionar as gigantes do setor por descontos, de m...

Bolsonaro tem até 4 de outubro para vetar ou sancionar lei eleitoral
Dilton e Feito

Bolsonaro tem até 4 de outubro para vetar ou sancionar lei eleitoral

Se a lei for sancionada, valerá para as eleições municipais de 2020

Possível privatização da Eletrobras é um crime de lesa-pátria, diz Jean Paul
Dilton e Feito

Possível privatização da Eletrobras é um crime de lesa-pátria, diz Jean Paul

Jean Paul ressaltou a importância da empresa e disse que ela é a grande holding brasileira do sistema elétr...

Vídeo

Senado Aprova (16/9 a 20/9) — O mais importante que o Senado aprovou na semana Veja mais Vídeos ›

Podcast

Ouça o Programa desta Sexta-Feira 20.09 (Parte 01):
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram