Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • SECOM
21 de Setembro de 2019
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Agenda Cultural

Todas as notícias
Publicado em 11/06/2019 09h47.

Museu Casa do Sertão promove mostra sobre Santo Antônio e religiosidade

O mês de junho para o nordestino, notadamente o sertanejo, é tempo de festa, quando o calendário de comunidades celebra os frutos do trabalho.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Museu Casa do Sertão promove mostra  sobre Santo Antônio e religiosidade
Foto: Divulgação

Acorda Cidade

O Museu Casa do Sertão, localizado no Campus da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), convida a comunidade para a exposição ‘Antônio querido! História e religiosidade popular’. Com abertura marcada para esta quinta-feira (13), às 9 horas, a mostra permanece em cartaz até 17 de julho, apresentando aspectos da religiosidade popular na devoção doméstica, com o uso de imagens do Santo Católico Santo Antônio.

A exposição ficará instalada no espaço do Museu denominado ‘Quarto dos Santos’, onde o público poderá apreciar peças como fotografias da construção da Igreja de Santo Antônio dos Capuchinhos, localizada em Feira de Santana, além da introdução de elementos relativos à devoção antonina. Dentre os elementos expostos, destaque para denominações do Santo, como o ‘Pai dos Pobres’ e o ‘Santo Casamenteiro.

Aos visitantes será distribuído material sobre aspectos da história que cerca Santo Antônio, inclusive em Feira de Santana, pois o município possui reconhecido culto, retratado em diversos logradouros com o nome do santo. Para além da observação da lista dos topônimos, a partir de pesquisas realizadas no acervo da Biblioteca Setorial Monsenhor Galvão do Museu Casa do Sertão, são apresentados registros de uma devoção antonina na região, conforme destaca a historiadora Cristiana Barbosa, do Museu Casa do Sertão.

Manifestações culturais

No verbete ‘Antônio’, do Dicionário do Folclore Brasileiro, Câmara Cascudo, historiador e antropólogo brasileiro, afirma este santo um dos de devoção mais popular do país. Cascudo acrescenta que o culto antonino se divulgou e fixou ainda no período colonial e se difundiu através dos tempos.

Nas trezenas, período de treze dias oferecidos ao santo, inúmeras preces e leituras (sobre passagens da sua vida) são repetidas em paróquias, comunidades e em oratórios particulares do dia primeiro ao 13 do mês de junho, data celebrativa da sua morte. A religiosidade popular em torno da figura de Santo Antônio envolve manifestações culturais, como festa e lazer, trabalho e sobrevivência, doença e morte, amor, alegria e tristeza. Trata-se do modo do viver do povo, em especial dos seus devotos, e não curiosidades, comumente abordadas.

O mês de junho para o nordestino, notadamente o sertanejo, é tempo de festa, quando o calendário de comunidades celebra os frutos do trabalho. Festa popular atraente e alentada por satisfação geral, repousa, também, na tradição católica de comemorar os santos com destaque para os louvores ao lisboeta mais brasileiro de todos, Santo Antônio, que inaugura o ciclo dos festejos juninos.

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Agenda Cultural

Museu Regional de Arte realiza programação neste domingo (22)

A programação é gratuita e tem classificação livre.

SMT realiza projeto Rua Viva especial neste domingo
Agenda Cultural

SMT realiza projeto Rua Viva especial neste domingo

O projeto é aberto ao público, promove esporte, práticas saudáveis e educação para o trânsito para toda...

Filarmônica 25 de Março homenageia personalidades feirenses no Casarão Fróes da Mota
Agenda Cultural

Filarmônica 25 de Março homenageia personalidades feirenses no Casarão Fróes da Mota

Na noite em homenagem a João Marinho, será tocada a valsa Hildete Falcão, nome de uma de suas filhas.

Vídeo

Senado Aprova (16/9 a 20/9) — O mais importante que o Senado aprovou na semana Veja mais Vídeos ›

Podcast

Ouça o Programa desta Sexta-Feira 20.09 (Parte 01):
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram