Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • SECOM
21 de Setembro de 2019
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Bahia

Todas as notícias
Publicado em 11/06/2019 07h31.

Exportações baianas crescem 27,4% em maio

Considerando o acumulado de janeiro a maio, as exportações cresceram 2,5% indo a US$ 3,15 bilhões.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Exportações baianas crescem 27,4% em maio

Acorda Cidade

De acordo com a Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia da Secretaria de Planejamento da Bahia (Seplan), as vendas externas da Bahia se recuperaram em maio, alcançando US$ 758,2 milhões - o que representa um aumento de 27,4% ante o mesmo período de 2018. Considerando o acumulado de janeiro a maio, as exportações cresceram 2,5% indo a US$ 3,15 bilhões.

“O crescimento das exportações na Bahia é resultado de políticas públicas do Governo do Estado, que não tem poupado esforços para atrair novos empreendimentos que resultam no alargamento da base exportadora baiana”, analisa o secretário do Planejamento do Estado, Walter Pinheiro.

O bom desempenho das exportações em 2019 reflete a melhora dos volumes exportados com alta de 22,3%, puxado por itens como petróleo, celulose, petroquímicos, metalúrgicos, algodão e derivados de cacau. No mês, as exportações para os Estados Unidos cresceram 35% e avançaram 46% para a Ásia, com a China registrando aumento de 9,1%.

Importações  

O crescimento de 38,6% das importações reflete o efeito da greve dos caminhoneiros no ano passado, já que a maior contribuição para o crescimento foi de produtos intermediários (cobre, trigo, fertilizantes, borracha e insumos químicos) que cresceram 81,7%, e que foram duramente atingidos na paralisação de maio do ano passado.

Normalmente, as importações em 2019 vêm registrando maior aumento na categoria combustível, que lidera ainda com folga o crescimento no acumulado do ano com incremento de 159% (GNL, Nafta, Petróleo).

Com os resultados até maio, a Bahia voltou a acumular um superávit de US$ 116,1 milhões em sua balança comercial, resultado de US$ 3,15 bilhões em exportações com incremento de 2,5% e US$ 3,03 bilhões em importações com um aumento de 22,3%, comparado a igual período do ano anterior. A corrente de comércio (soma das exportações e importações) chegou a US$ 6,18 bilhões com crescimento de 11,4% no período.
 

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Secretaria da Educação do Estado dialoga sobre parcerias com a embaixada da Finlândia
Bahia

Secretaria da Educação do Estado dialoga sobre parcerias com a embaixada da Finlândia

O secretário Jerônimo Rodrigues falou da importância dessa relação de parceria com a Finlândia.

Morre bebê com problema no coração que esperava por transferência para passar por cirurgia de urgência
Bahia

Morre bebê com problema no coração que esperava por transferência para passar por cirurgia de urgência

Recém-nascido estava internado há 13 dias em Vitória da Conquista e precisava ser trazido para Salvador. Fa...

Construções históricas de Morro de São Paulo serão tombadas nesta segunda-feira (23)
Bahia

Construções históricas de Morro de São Paulo serão tombadas nesta segunda-feira (23)

Na oportunidade, também será realizada a Assinatura do Termo de Tombamento Provisório do perímetro que abr...

Vídeo

Senado Aprova (16/9 a 20/9) — O mais importante que o Senado aprovou na semana Veja mais Vídeos ›

Podcast

Ouça o Programa desta Sexta-Feira 20.09 (Parte 01):
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram