Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • SECOM
14 de Outubro de 2019
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Cultura

Todas as notícias
Publicado em 21/05/2019 19h17.

Chico Buarque recebe o Prêmio Camões pelo conjunto da obra

Considerado o principal prêmio de literatura em língua portuguesa, o Camões foi instituído em 1989 pelo Brasil e por Portugal.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Chico Buarque recebe o Prêmio Camões pelo conjunto da obra
Foto: DR/Arquivo

Acorda Cidade

Agência Brasil - O compositor, cantor, dramaturgo e escritor carioca Chico Buarque, 74 anos, é o ganhador do 31º Prêmio Camões. O prêmio foi concedido hoje (21) e levou em consideração o conjunto da produção literária do artista.

Considerado o principal prêmio de literatura em língua portuguesa, o Camões foi instituído em 1989 pelo Brasil e por Portugal. De acordo com o Ministério da Cultura de Portugal, a escolha reconhece anualmente “escritor cuja obra contribua para a projeção e o reconhecimento da língua portuguesa”.

Chico Buarque estreou como escritor de ficção em 1974, com a novela Fazenda Modelo. Em 1979, publica o livro infantil Chapeuzinho Amarelo. O primeiro romance, Estorvo, foi lançado em 1991. Quatro anos depois lança o segundo Benjamin. Em 2003, publica Budapeste; em 2009, Leite Derramado e em 2014, Irmão Alemão. Ele escreveu as peças de teatro Roda Viva (1968); Calabar (1972); Gota D’Água (1974), e Ópera do Malandro (1978).

O autor é o 13º brasileiro a receber o prêmio que já foi conferido, entre outros, a Raduan Nassar (2016), Ferreira Goulart (2010), Lygia Fagundes Telles (2005), e Jorge Amado (1994). Veja a lista completa de ganhadores.

A premiação foi anunciada pela Biblioteca Nacional pelas redes sociais. O júri da 31ª edição do Prêmio Camões se reuniu na sede da biblioteca no Rio de Janeiro nesta terça-feira. Chico Buarque vai receber 100 mil euros pelo prêmio.

O júri foi formado por Manuel Frias Martins, professor da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e presidente da Associação Portuguesa de Críticos Literários; Clara Rowland, professora associada da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa; Antonio Cícero, ensaísta brasileiro e poeta; Antonio Hohlfeldt, professor da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul; Ana Paula Tavares, poeta angolana e professora universitária em Lisboa (Angola); Nataniel Ngomane, professor da Faculdade de Letras e Ciências Sociais da Universidade Eduardo Mondlane em Moçambique.

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Cultura

Prêmio Cultura e Desenvolvimento Local de Feira de Santana teve 34 projetos inscritos

Os 10 projetos selecionados nesta edição farão ações entre novembro de 2019 e março de 2020, que culmina...

Banda Laço de Ouro assume responsabilidade de defender o forró de vaquejada
Música

Banda Laço de Ouro assume responsabilidade de defender o forró de vaquejada

Se tornando uma grande propagadora das raízes do nordeste, Sarah se sente orgulhosa de assumir este novo comp...

Grupos da Bahia e distrito federal se apresentam nesta quinta no Fenatifs
Cultura

Grupos da Bahia e distrito federal se apresentam nesta quinta no Fenatifs

Para assistir basta levar 1 kg de alimento estocável.

Vídeo

Incêndio em oficina destrói veículos e assusta moradores do bairro Pedra do Descanso Veja mais Vídeos ›

Podcast

Ouça o Programa desta Segunda-Feira 14.10:
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram