Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • SECOM
21 de Setembro de 2019
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Mundo

Todas as notícias
Publicado em 03/05/2019 15h35.

Modelo de 21 anos descobre câncer raro e médicos culpam técnica de unha em gel

Karolina, que foi Miss Illinois 2018, aadmitiu o uso da técnica - que aplica unhas de gel artificial e acrílico fixadas com luz UV - até duas vezes por mês durante vários anos.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Modelo de 21 anos descobre câncer raro e médicos culpam técnica de unha em gel
Foto: Reprodução

Acorda Cidade

A modelo Karolina Jasko, de 21 anos, descobriu que tinha um melanoma (tipo de câncer na pele) na unha, após notar que seu dedo polegar está infeccionado. Para Karolina, o inchaço e a vermelhidão eram provenientes apenas de um hematoma. A lesão começou com uma linha preta fina no polegar durante uma visita ao salão de beleza em 2016, mas ela não foi a um médico até que o polegar inchou e ficou vermelho após uma infecção não relacionada vários dias depois.

 Após uma biópsia, veio a confirmação que ela tinha melanoma de unha, um dos mais raros subtipos de câncer de pele. De acordo com o Monet, médicos relatam que o número de casos semelhantes de câncer de pele estão crescendo e responsabilizaram a popularidade de uma técnica de manicure com gel que requer a fixação das unhas com luz ultravioleta, que é prejudicial, caso ocorra grande exposição a radiação.

Karolina, que foi Miss Illinois 2018, revelou que era adepta do procedimento estético que até então achava inofensivo, e que admitiu o uso da técnica - que aplica unhas de gel artificial e acrílico fixadas com luz UV - até duas vezes por mês durante vários anos.

Karolina revelou que a infecção - que até hoje não sabe a causa - salvou sua vida, pois a fez ir a um médico. "Se eu tivesse esperado mais e não aparecesse, poderia ser possível que o melanoma se espalhasse", disse em entrevista. Os médicos advertiram Karolina que eles poderiam ter que amputar todo o seu polegar, mas conseguiram salvar o dedo. No entanto, removeram a unha e o leito ungueal (tecido abaixo da unha) inteiro e fizeram enxerto de pele de sua virilha para cobrir a área.

O câncer nas extremidades - chamado de melanoma lentiginoso de acral - é mais agressivo que outros melanomas. 

Fonte: Ibahia

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Pesquisas indicam ingestão de microplásticos por humanos
Mundo

Pesquisas indicam ingestão de microplásticos por humanos

Recolher plástico em praias é uma das ações do Dia Mundial da Limpeza

Internacional

Manifestantes em mais de 150 países defendem o meio ambiente

Estima-se que Nova York deve reunir mais de 1 milhão de manifestantes.

Internacional

Drone americano mata 30 civis no Afeganistão

Autoridades locais dizem que a explosão danificou parte de um hospital das proximidades e várias moradias.

Vídeo

Senado Aprova (16/9 a 20/9) — O mais importante que o Senado aprovou na semana Veja mais Vídeos ›

Podcast

Ouça o Programa desta Sexta-Feira 20.09 (Parte 01):
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram