Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • SECOM G NEWS
  • SECOM G NEWS
22 de Maio de 2019
Dólar: R$ 3,84 Euro: R$ 4,39
-17º -17º Feira de Santana
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Variedades

Todas as notícias
Publicado em 13/04/2019 18h56.

A afetuosa mania de beijar: psicóloga destaca as vivências e historicidades que um beijo comporta

As funções do beijo são variadas: elas podem transmitir um carinho, ser apenas um cumprimento ou até ter funções sociais.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
A afetuosa mania de beijar: psicóloga destaca as vivências e historicidades que um beijo comporta
Foto: Divulgação

Acorda Cidade

Pode ser entre amigos, namorados ou familiares. Ele talvez seja um rápido selinho ou bem duradouro. A certeza é que, como dizem Sandy & Júnior, “um beijo é muito bom, mais que mil é mais que bom”. Celebrado neste sábado (13), o dia do beijo remonta sensações, emoções e reações entre os indivíduos envolvidos.

As funções do beijo são variadas: elas podem transmitir um carinho, ser apenas um cumprimento ou até ter funções sociais. Para os gregos, por exemplo, o beijo tinha o intuito de selar um acordo e servia também para demonstrar respeito. Entretanto, o mais resumido propósito do beijo é de demonstrar afeto. De acordo com a psicóloga do Hapvida Saúde, Érica Ferreira, o beijo se torna palavras não ditas. Iniciado desde a infância, aprendemos a beijar desde pequenos com o toque do outro.

Sensações

Há várias reações no corpo quando o beijo acontece. Segundo a especialista, o que você está sentindo naquele momento será refletido no ato de beijar. “Milhares de mensagens neurais provocam reações positivas ou negativas diante dos beijos que são recebidos/dados. Em se tratando das positivas, são despertadas lembranças afetuosas, de carinho e amor. Já as negativas, é quando o beijo acontece apenas por obrigação ou educação”, elucida. Em linhas gerais, o despertar de sentimentos e histórias a partir do beijo traz uma sensação de bem-estar relacionada a esta troca de sabores e lembranças do momento.

Cuidados

Mas, como nem tudo são flores, o cuidado também deve existir entre os beijoqueiros, já que algumas doenças podem ser transmitidas através do ato de beijar. Em sua maioria, podem ocorrer infecções por vírus, bactérias e fungos que são passadas pela saliva. Entre elas, podemos destacar a gripe, herpes e caxumba. Mas, calma. O beijo não precisa ser proibido por causa disso. A indicação é que ele seja evitado com pessoas desconhecidas ou sem relação de confiança. No mais, pode beijar sem moderação!

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Cães e gatos também passam pela adolescência, explica especialista
Mundo Pet

Cães e gatos também passam pela adolescência, explica especialista

O médico veterinário Cleiton Rupolo, especialista da Nutrire – indústria de alimentos de alta performance ...

Culto de Adoradores será realizado em Feira de Santana
Feira de Santana

Culto de Adoradores será realizado em Feira de Santana

A partir das 19:30 na Igreja Fonte de Vida

Esteira ergométrica: saiba como utilizar corretamente o aparelho e obter melhores resultados
Variedades

Esteira ergométrica: saiba como utilizar corretamente o aparelho e obter melhores resultados

Muito apenas apertam os botões de qualquer jeito, sobem ou descem com o aparelho ligado e não sabem como uti...

Vídeo

Vídeo mostra Compadre Washington sendo agredido durante assalto em SP Veja mais Vídeos ›

Podcast

Motorista de aplicativo é investigado, após denúncia de abuso sexual e estupro em Feira de Santana
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram