Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • Governo Sefaz
18 de Março de 2019
Dólar: R$ 3,84 Euro: R$ 4,39
-17º -17º Feira de Santana
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Feira de Santana

Todas as notícias
Publicado em 14/03/2019 15h48.

Um ano após a morte de Marielle, Psol realiza atos em Feira de Santana

Com o ato, faixas foram espalhadas pela cidade com a pergunta ‘Quem mandou matar Marielle?’, e houve panfletagem no centro da cidade e no terminal central.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Um ano após a morte de Marielle, Psol realiza atos em Feira de Santana
Foto: Divulgação

Daniela Cardoso e Ney Silva 

Um ano após a morte da vereadora do Rio de Janeiro, Marielle Franco, o Psol de Feira de Santana, juntamente com outras organizações, realizou a intervenção Florescer Por Marielle, com atos em cinco pontos de Feira de Santana. A integrante do Psol, Marcela Prest, destacou que os atos são para reafirmar a importância de se lutar pela vida.

“Não é só pela vida Marielle, mas hoje é um marco, uma vereadora legitimamente eleita, que foi executada juntamente com o motorista há um ano. Isso é sinal de que existe um problema e o estado precisa responder não só quem executou a Marielle, mas também quem mandou e por quais motivos”, afirmou.

Com o ato, faixas foram espalhadas pela cidade com a pergunta ‘Quem mandou matar Marielle?’, e houve panfletagem no centro da cidade e no terminal central. De acordo com Marcela, essas ações também tem a intenção de fazer a população pensar sobre a violência no Brasil, especialmente contra as mulheres.

“Queremos que a justiça seja feita. Saber quem atitou não é o suficiente para esse crime muito bem articulado, que demorou um ano para o estado dá algum tipo de resposta. Essa resposta ainda é insuficiente e a gente precisa saber quem são os mandantes”, afirmou.

Marcela Prest destacou ainda que o 14 de março está incluso no mês de luta das mulheres e lembrou que o Brasil é o 5º país do mundo que mais se mata mulheres por serem mulheres.

“O 8 de março foi na semana passada e o Psol e outras organizações ocuparam as ruas para dizer que Marielle vive e que a gente não suporta mais essas altas taxa de feminicídio. Temos uma apresentação da reforma da previdência que vai tirar uma série de direitos das mulheres. Então estamos na luta pelos direitos das mulheres”, destacou.


 

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Workshop sobre segurança escolar acontece nesta terça (19) na Uefs
Feira de Santana

Workshop sobre segurança escolar acontece nesta terça (19) na Uefs

O evento acontece às 8h, é uma iniciativa do Comitê de Segurança Escolar e aberto ao público.

Entidade conscientiza população quanto ao descarte correto do óleo
Feira de Santana

Entidade conscientiza população quanto ao descarte correto do óleo

Toda escola é mobilizada para não descartar o óleo em qualquer lugar. Toda família é envolvida também.

Ministério Público vai convocar a Embasa para esclarecer sobre falta de água em Feira de Santana
Feira de Santana

Ministério Público vai convocar a Embasa para esclarecer sobre falta de água em Feira de Santana

Além da falta de abastecimento, o MP também vai investigar a cobrança indevida.

Vídeo

Bastidores da entrevista da jornalista Rachel Pinto com o Homem Aranha e crianças de FSA Veja mais Vídeos ›

Podcast

Cerca de 70 mil pessoas participam da Caminhada do Perdão em Feira de Santana
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram