Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • Governo Sefaz
19 de Março de 2019
Dólar: R$ 3,84 Euro: R$ 4,39
-17º -17º Feira de Santana
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Saúde

Todas as notícias
Publicado em 12/03/2019 07h45.

Mitos e verdades sobre a vacina contra o HPV

A principal forma de prevenir o câncer de colo do útero é a vacina contra o vírus do papiloma humano (HPV).
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Mitos e verdades sobre a vacina contra o HPV
Foto: Reprodução

Acorda Cidade

Recentemente, a Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou que uma de suas metas para as próximas décadas é eliminar o câncer de colo do útero como um problema de saúde pública global. O tumor é considerado o terceiro mais frequente em mulheres e a quarta causa de morte do público feminino por câncer no Brasil.

A principal forma de prevenir o câncer de colo do útero é a vacina contra o vírus do papiloma humano (HPV). O farmacêutico Adriano Ribeiro, da Extrafarma, esclarece os principais mitos e verdades sobre a vacina.

1. Apenas as mulheres devem tomar a vacina contra o HPV.

MITO – Apesar da vacina contra o HPV ter como principal foco mulheres, ela também é indicada para homens, pois protege contra os canceres de pênis, ânus e garganta e contra as verrugas genitais.

2. A faixa etária ideal para receber a vacina é dos nove aos 13 anos.

VERDADE – A resposta imunológica à vacina é melhor quando aplicada até os 15 anos de idade, antes do início da vida sexual e exposição ao vírus. A aplicação acima dessa faixa etária não é contraindicada, mas é importante saber que pessoas que já tenham tido contato com o vírus apresentam uma produção de anticorpos 10 vezes inferior do que aquela verificada naqueles que não foram expostos ao HPV.

3. Apenas uma dose da vacina é necessária.

MITO – Estudos confirmam que são necessárias duas doses, ministradas com um intervalo de seis meses entre elas, para que a vacina seja eficaz. Não há pesquisas que indiquem que apenas uma dose seja suficiente para garantir a proteção.

4. Grupos especiais, como pessoas com imunodeficiência causada pelo HIV, devem seguir orientações específicas. 

VERDADE – A vacina também é contraindicada em casos de hipersensibilidade ao princípio ativo ou qualquer outra substância presente na vacina, histórico de Síndrome de Guillain Barré, sintomas que indicam hipersensibilidade grave após tomar uma dose da vacina e gravidez (se a mulher engravidar após ter recebido alguma dose da vacina, as doses restantes deverão ser tomadas depois do parto).

5. A vacina tem validade por toda a vida.

MITO – Pesquisas já apontaram que a imunidade contra os vírus presentes na vacina dura por pelo menos 10 anos, mas ainda não existem estudos que comprovem a duração por um tempo mais longo.

  

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Um dos pescados mais amados pelos brasileiros, bacalhau oferece vários benefícios para a saúde
Quaresma

Um dos pescados mais amados pelos brasileiros, bacalhau oferece vários benefícios para a saúde

Peixe que faz parte do cardápio em datas religiosas, possui uma série de nutrientes importantes para o corpo...

Após acordo, médicos anestesistas retomam atendimento pelo Planserv
Bahia

Após acordo, médicos anestesistas retomam atendimento pelo Planserv

Paralisação com o Planserv começou no dia 7 de janeiro deste ano. Negociações foram finalizadas na sexta-...

Saúde

Março Amarelo marca mês de conscientização sobre a endometriose

No Brasil, 6,5 milhões de mulheres são afetadas pela doença.

Vídeo

Professores protestam com bolo de aniversário; prefeito considera a greve ilegal Veja mais Vídeos ›

Podcast

Associação de técnicos de segurança eletrônica e incêndio é criada em Feira de Santana
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram