Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • SECOM G NEWS
  • SECOM G NEWS
26 de Maio de 2019
Dólar: R$ 3,84 Euro: R$ 4,39
-17º -17º Feira de Santana
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Educação

Todas as notícias
Publicado em 08/03/2019 16h04.

Prefeito Colbert considera que greve dos professores da rede municipal é política

Colbert diz que o município está em dias com os professores.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Prefeito Colbert considera que greve dos professores da rede municipal é política
Foto: Paulo José / Acorda Cidade

Daniela Cardoso

Os professores da rede municipal de ensino decidiram em assembleia realizada ontem (7) a deflagração de uma greve por tempo indeterminado a partir da próxima segunda (11). A presidente da APLB-Sindicato de Feira, Marlede Oliveira diz que o prefeito não atendeu as reivindicações da categoria. Porém, Colbert diz que o município está em dias com os professores e que a motivação da greve provavelmente é política.

“A prefeitura de Feira respeita a posição do sindicato, mas não temos atraso nenhum em nossos pagamentos. Estamos pagando todos os reajustes que o Ministério da Educação propôs e o governo do estado não paga nenhum. Então só pode ser uma greve política e está atingindo 49 mil alunos da rede municipal. Se não fosse greve política, a rede estadual estaria em greve há muito tempo”, afirmou.

Colbert disse ainda que em junho vai ter avaliação do Ideb e que Feira de Santana pode reduzir o repasse do Fundeb, caso as notas caiam. Atualmente a nota do município é 4.1, segundo informou.

“Tomarei as posições de defesa do ensino público de Feira, município que cumpre tudo que é necessário e o sindicato está em estado de greve há três meses. Acho que é uma falta de respeito muito grande. As greves ocorrem sempre depois do carnaval, início do ano letivo, para prejudicar os alunos”, declarou.

O prefeito Colbert Martins Filho falou também sobre o pagamento dos precatórios. Ele afirmou que vai seguir a recomendação do Supremo Tribunal Federal (STF) de não pagar esses recursos. “Eu cumpro a lei sem nenhum tipo de dificuldades”, disse.

Com informações do repórter Paulo José do Acorda Cidade

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Reitor da Uefs explica gasto com vigilância
Educação

Reitor da Uefs explica gasto com vigilância

A Uefs possui várias unidades externas e tem estrutura do campus horizontal e diferente das demais universida...

Diretor da Adufs contesta declarações do governador Rui Costa sobre universidades
Educação

Diretor da Adufs contesta declarações do governador Rui Costa sobre universidades

O governador fez referências salários de professores, verbas e gastos.

Uefs divulga edital do Sisu para o segundo semestre de 2019
Educação

Uefs divulga edital do Sisu para o segundo semestre de 2019

As inscrições do Sisu serão realizadas no período de 4 a 7 de junho.

Vídeo

Dia da Infantaria é comemorado em Feira de Santana Veja mais Vídeos ›

Podcast

Com menos dias de festa, prefeitura de Feira anuncia atrações dos festejos juninos
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram