Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • Governo Sefaz
19 de Março de 2019
Dólar: R$ 3,84 Euro: R$ 4,39
-17º -17º Feira de Santana
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Economia

Todas as notícias
Publicado em 08/11/2018 15h47.

Aumento dos salários do STF afetará todo o funcionalismo público

Para entrar em vigor, o aumento nos salários dos ministros do STF ainda precisa ser sancionado pelo presidente Michel Temer.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra

Acorda Cidade

O aumento no salário dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) aprovado nesta quarta-feira (7) pelo Senado poderá gerar um rombo de mais de quatro bilhões de reais nos orçamentos dos Estados e da União. O cálculo é da Consultoria de Orçamento da Câmara. O levantamento leva em conta o “efeito cascata” em outras carreiras do Judiciário, que terão os salários automaticamente aumentados.

O fundador da associação Contas Abertas, Gil Castelo Branco explica o efeito. Economista, ele critica o aumento, que classifica como irresponsável.

“Esse aumento é irresponsável e injusto. Eu digo irresponsável por conta da grave situação fiscal que o país está atravessando. O déficit previsto para o ano que vem, para 2019, é de 139 bilhões de reais. E esse aumento do STF já afetará diretamente as remunerações dos juízes, desembargadores, promotores, procuradores, conselheiros e ministros dos Tribunais de Contas e até procuradores do Ministério Público de Contas junto aos Tribunais de Contas”.

Gil Castelo Branco alerta que o aumento no salários dos ministros do STF influenciará não apenas as carreiras do Judiciário, mas todo o funcionalismo público, inclusive municipal.

Isso acontece, segundo ele, porque o salário dos ministros corresponde ao teto constitucional de todo o funcionalismo público. Ou seja, aumentando o teto, os salários dos servidores também podem ser elevados até atingirem o novo limite.

“Então, esse impacto pode ser até muito maior do que esses quatro bilhões e meio que é apenas o impacto imediato decorrente daquelas carreiras que estão diretamente atreladas”.

O fundador da associação Contas Abertas também explica que, agora, os outros poderes da República também poderão solicitar um aumento salarial.

“Além disso, como o salário dos chefes do poder Judiciário está sendo aumentado, é muito provável que os chefes dos outros poderes reivindiquem, por uma questão até de equidade, a equiparação. O que faria com que também fossem elevados os salários de deputados, senadores, presidente da República, ministros, com efeito também nos estados e até nos municípios

O reajuste influenciará as contas da gestão de Jair Bolsonaro, que assume a presidência da República no próximo ano. Nesta semana, antes do tema ser votado pelo Senado, ele criticou a proposta afirmando que não era “o momento de se aumentar despesas”, o que “só aumentaria o déficit do próximo ano”.

Para entrar em vigor, o aumento nos salários dos ministros do STF ainda precisa ser sancionado pelo presidente Michel Temer. 

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Economia

ANP aprova acordo que altera participações na jazida de Lula

Petrobras diz que mudança elevará produção em 20 mil barris por dia.

Imposto de renda 2019: como declarar gastos com educação?
Economia

Imposto de renda 2019: como declarar gastos com educação?

Especialista esclarece dúvidas

Economia

No Dia do Consumidor, Febraban lança selo para bancos com as melhores práticas do mercado

Clientes de bancos associados ao sistema de autorregulação estão mais satisfeitos com atendimento ao consum...

Vídeo

Professores protestam com bolo de aniversário; prefeito considera a greve ilegal Veja mais Vídeos ›

Podcast

Associação de técnicos de segurança eletrônica e incêndio é criada em Feira de Santana
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram