Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • Desenbahia Mulher
  • Desenbahia Homem
  • Educa Mais Brasil
19 de Novembro de 2018
Dólar: R$ 3,71 Euro: R$ 4,26
23º 33º Feira de Santana
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Brasil

Todas as notícias
Publicado em 10/08/2018 08h29.

Brasil bate recorde de mortes violentas intencionais, segundo Anuário do FBSP

Os dados são do anuário do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, divulgado nesta quinta-feira (9).
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra

Acorda Cidade

Em 2017, o Brasil teve o maior número de mortes violentas intencionais da história: foram 63.880 casos. O crescimento foi de 2,9% em relação a 2016. Os dados são do anuário do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, divulgado nesta quinta-feira (9).

O maior número de homicídios em intervenções policiais foi na cidade do Rio de Janeiro. Em 2016, foram 504 casos. Já no ano passado, o número saltou para 527. Em segundo lugar está São Paulo, que passou de 438 mortes para 446.

O especialista em segurança pública Luis Sapori defende que o governo invista em prevenção, evitando o contato dos jovens com o crime.

“A melhor maneira de fazer isso é através de projetos sociais, educacionais, principalmente esportivos, culturais, artísticos, mobilizando a sociedade civil, mobilizando a parceria de organizações não governamentais para que nessas regiões de maior vulnerabilidade social, a gente possa oferecer a esse adolescente uma alternativa de inserção social que não seja pelo crime.”

Sapori defende ainda o trabalho de investigação e inteligência da polícia. Essa é uma linha seguida por vários presidenciáveis. Henrique Meirelles, do MDB, defende um trabalho mais direcionado da polícia.

“Equipamento das policias, aumento do número de policiais e, de fato, uma ação vigorosa das forças de seguranças de todas as cidades. Juntamente com um sistema de informações e, também, com o policiamento de fronteiras e tudo mais. Em resumo é um conjunto de ações do Estado visando garantir a segurança de todos.”

O candidato Ciro Gomes, do PDT, também acredita no uso da inteligência contra organizações criminosas.

“Quero mexer com crime organizado, eu acho que a União federal tem que assumir a responsabilidade por reprimir o crime organizado. A minha ideia não é de aparato, eu desconfio pela minha experiência que esse negócio de cercar a Rocinha com Exército, dando bala perdida matando criança pobre, é só pra inglês ver, é só pra fazer cena pra TV, isso não resolve coisa nenhuma. O que resolve é inteligência, você cirurgicamente chegar com o comando e retirar o camarada, aquele que você identificar”.

Já Geraldo Alckmin, do PSDB, defende tratamento aos usuários de drogas e combate ao tráfico.

“De um lado foco na dependência química, que é doença, como é apendicite, como é pneumonia, você precisa tratar as pessoas, dar a mão. E de outro lado combater o traficante: tráfico de drogas e tráfico de armas”.

Os casos de estupros no país também cresceram. Em números absolutos, o estado de São Paulo ocupa o primeiro lugar, com 11.089 casos, mas a maior variação percentual foi em Roraima: entre 2016 e 2017, os estupros aumentaram mais de 131%.

Os estados registraram ainda 82.684 pessoas desaparecidas. Dessas, 53.525 foram encontradas, ou seja, 64%. Em 2016, o índice de resolução era de 34%.

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Publicada exoneração de Sergio Moro no Diário Oficial da União
Brasil

Publicada exoneração de Sergio Moro no Diário Oficial da União

No pedido de exoneração, Moro argumentou que pretende “organizar a transição e as futuras ações do Mini...

Brasil

Relatório alerta que há 45 barragens sob ameaça de desabamento

Das 45 barragens, 25 pertencem a órgãos e entidades públicas, segundo a agência.

Brasil e 12 países fazem treinamento militar em Natal
Brasil

Brasil e 12 países fazem treinamento militar em Natal

O treinamento faz parte do 8º Exercício Cruzeiro do Sul, que é realizado desde 2002 pela FAB.

Vídeo

Silvio Santo assedia Claudia Leitte no Teleton Veja mais Vídeos ›

Podcast

Classes hospitalares são inauguradas em dois hospitais em Feira de Santana
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram