Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • Desenbahia Mulher
  • Educa Mais Brasil
  • Educa Mais Brasil
16 de Novembro de 2018
Dólar: R$ 3,71 Euro: R$ 4,26
23º 32º Feira de Santana
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Feira de Santana

Todas as notícias
Publicado em 12/07/2018 10h17.

Diretor do Sindicato dos Bancários diz que cliente tentou agredir funcionária antes da ação dos seguranças

O diretor de comunicação do sindicato dos bancários ainda cobrou providências por parte dos órgãos fiscalizadores
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Diretor do Sindicato dos Bancários diz que cliente tentou agredir funcionária antes da ação dos seguranças
Foto: Paulo José / Acorda Cidade | Diretor de comunicação do Sindicato dos Bancários, Edmilson Cerqueira

Daniela Cardoso

Após um cliente do Banco do Brasil denunciar um segurança da agência bancária localizada na Avenida Getúlio Vargas, em Feira de Santana, por agressão, o diretor de comunicação do Sindicato dos Bancários de Feira de Santana, Edmilson Cerqueira, se pronunciou sobre o caso e afirmou que o cliente Claudio Carneiro tentou agredir fisicamente uma funcionária do banco.

Segundo Edmilson, a funcionária entrou em contato com o sindicato relatando a situação e pedindo apoio, após sofrer agressões verbais e tentativa de agressão física por parte do cliente. Ele informou ainda que a funcionária já prestou queixa na delegacia.

“Segundo ela, se não fosse a interferência do segurança que conteve o cliente, poderia ter ocorrido de fato a agressão. Ela disse que também prestou queixa e achamos que o funcionário não tem culpa pela demora no atendimento”, defendeu.

De acordo com Edmilson Cerqueira, em Feira de Santana, o Banco do Brasil reduziu 16 caixas, fechou a agência da JJ Seabra, reduziu o atendimento na agência da Maria Quitéria e na Getúlio, onde o fato ocorreu. Tem poucos caixas atendendo. Ele afirma que o cliente tem razão em reclamar, mas que deve fazer isso da maneira correta.

“A cada dia que passa os bancários têm metas a serem cumpridas e o banco não investe, pelo contrário. Estão fechando agências, com plano de demissões voluntárias. Todas as agências que tiveram caixas explodidos, em cidades próximas a Feira, não foram reabertas e esses clientes vêm para Feira de Santana. Como é que tem um aumento de demanda com a redução de funcionários? Isso revolta o cliente, mas ele não pode tentar agredir um funcionário. Temos relatos de funcionários que já receberam tapas no rosto. O cliente tem razão em reclamar pela demora, mas tem que reclamar com a direção do banco, com o Procon”, destacou.

O diretor de comunicação do sindicato dos bancários ainda cobrou providências por parte dos órgãos fiscalizadores com relação ao atendimento nas agências bancárias de Feira de Santana.

“O que é que o Procon faz com relação aos descumprimentos dos bancos? O que é que o Ministério Público fez quando os bancos em Feira reduziram uma hora de atendimento ao público? Os funcionários não têm culpa dos maus-tratos à população, inclusive os próprios bancários são sobrecarregados”, afirmou.

Leia também

Cliente denuncia agressão em agência bancária, após questionar demora para atendimento

Procon notifica Banco do Brasil após cliente reclamar de demora; ele também foi agredido na agência

Com informações do repórter Paulo José do Acorda Cidade

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Comissão vai discutir organização da Expofeira de 2019
Feira de Santana

Comissão vai discutir organização da Expofeira de 2019

A formação do grupo ficou definida durante reunião que aconteceu na manhã de quarta-feira (14) no Paço Ma...

Mesmo com comércio autorizado a funcionar, maioria das lojas não abriu nesta quinta (15)
Feira de Santana

Mesmo com comércio autorizado a funcionar, maioria das lojas não abriu nesta quinta (15)

Consumidores que se deslocaram para fazer compras encontraram muitas lojas fechadas.

Secretaria de Meio Ambiente solicita a Coelba laudos sobre compartilhamento de postes
Feira de Santana

Secretaria de Meio Ambiente solicita a Coelba laudos sobre compartilhamento de postes

O documento encaminhado à empresa, conforme o titular da pasta, visa combater a poluição visual proveniente...

Vídeo

Silvio Santo assedia Claudia Leitte no Teleton Veja mais Vídeos ›

Podcast

Classes hospitalares são inauguradas em dois hospitais em Feira de Santana
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram