Acorda Cidade - Dilton Coutinho

16 de Agosto de 2018
Dólar: R$ 3,68 Euro: R$ 4,34
19º 30º Feira de Santana
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Economia

Todas as notícias
Publicado em 16/04/2018 10h31.

Caixa reduz para 9% ao ano taxa de juros do crédito imobiliário

As taxas máximas caíram de 11% para 10,25%, no caso do SFH, e de 12,25% 11,25%, no SFI.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Caixa reduz para 9% ao ano taxa de juros do crédito imobiliário
Foto: Agência Brasil

Acorda Cidade

Agência Brasil - A Caixa Econômica Federal anunciou hoje (16) redução das taxas de juros do crédito imobiliário e aumento do percentual do valor do imóvel financiado.

As taxas mínimas passaram de 10,25% ao ano para 9% ao ano, no caso de imóveis do Sistema Financeiro de Habitação (SFH), e de 11,25% ao ano para 10% ao ano para imóveis enquadrados no Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI).

As taxas máximas caíram de 11% para 10,25%, no caso do SFH, e de 12,25% 11,25%, no SFI.

Segundo o presidente da Caixa, Nelson Antônio de Souza, a redução das taxas de juros facilita o acesso à casa própria e estimula o mercado imobiliário.

“O objetivo da redução é oferecer melhores condições para os nossos clientes, além de contribuir para o aquecimento do mercado imobiliário e suas cadeias produtivas”, destacou, em nota.

A última redução de juros feita pela Caixa ocorreu em novembro de 2016, quando as taxas mínimas passaram de 11,22% para 9,75% ao ano para imóveis financiados pelo SFH, e de 12,5% para 10,75% ao ano para imóveis do SFI.

Cota de financiamento

O banco aumentou novamente o limite de cota de financiamento do imóvel usado, de 50% para 70%. Em setembro do ano passado, a Caixa tinha reduzido para 50% do valor do imóvel o limite máximo de financiamento.

A Caixa também retomou o financiamento de operações de interveniente quitante (imóveis com produção financiada por outros bancos) com cota de até 70%.

Os prazos para permanecem entre 156 para 420 meses no caso do SFH e 120 a 420 meses, no SFI. A Caixa, que lidera o mercado com cerca de 70% das operações, possui R$ 82,1 bilhões para o crédito habitacional em 2018.

Sistemas de financiamento

Estão enquadrados no SFH imóveis residenciais de até R$ 800 mil para todo país, exceto para Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Distrito Federal, onde o limite é de R$ 950 mil. Os imóveis residenciais acima dos limites do SFH são enquadrados no SFI. Essas alterações passam a valer a partir de hoje.

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

No início do ano, o MTE projetou a geração de 1,8 milhões de novos empregos
Economia

No início do ano, o MTE projetou a geração de 1,8 milhões de novos empregos

A criação de empregos formais foi menor do que o esperado.

Contribuinte que está no 3º lote do IR 2018 recebe hoje restituição
Economia

Contribuinte que está no 3º lote do IR 2018 recebe hoje restituição

Neste lote, o valor das restituições chega a R$ 3,6 bilhões.

Brasil

Número de bicicletas e carros produzidos cresce em julho

O crescimento na produção também foi visível no acumulado dos sete meses deste ano, onde foram produzidas ...

Vídeo

Missa em homenagem aos 29 anos de falecimento de Luiz Gonzaga Veja mais Vídeos ›

Podcast

PSL volta atrás e retira nome Alberto Pimentel da vice de João Henrique
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram