Acorda Cidade - Dilton Coutinho

21 de Julho de 2018
Dólar: R$ 3,68 Euro: R$ 4,34
18º 27º Feira de Santana
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Política

Todas as notícias
Publicado em 13/03/2018 14h24.

Pré-candidatura de Maia não atrapalha a pauta do Congresso, diz Eunício

Entre as propostas que estão na pauta do Senado esta semana está a que trata do Plano Nacional de Enfrentamento ao Homicídio de Jovens, PLS 240/2016.

Acorda Cidade

Agência Brasil - O presidente do Senado, Eunício Oliveira, avaliou nesta terça-feira (13) que o lançamento da pré-candidatura do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, à Presidência da República não influencia e nem atrapalha em nada a pauta do Congresso.

“Acho que nada vai influenciar nessa questão, pela responsabilidade que nós temos, tanto ele, quanto eu, de tocar a pauta do Congresso Nacional. Candidatura não pode influenciar nisso. Eu acho até que dinamiza, para que essas matérias que são importantes, que falam com a sociedade brasileira, que dialoguem com a sociedade brasileira, possam efetivamente ser votadas aqui o mais rápido possível”, disse Eunício.

Ainda sobre a pauta, o presidente do Senado disse tem conversado muito com Maia. “O Senado votou todas as matérias de microeconomia e quase todas as matérias da questão de segurança pública. Não tem vaidade de ser pauta do Congresso, tem que ser da Câmara para o Senado e do Senado para a Câmara. Como nós estávamos desde o ano passado com a pauta de microeconomia e segurança pública, nós adiantamos algumas coisas aqui. A Câmara estava com outra pauta [no ano passado], que era a Previdência e as duas denúncias contra o presidente da República, então atrasou um pouco, mas o Rodrigo disse que vai fazer um mutirão [para votar as propostas na área de segurança]”, adiantou Eunício Oliveira.

O senador também acrescentou que aguarda que as matérias já apreciadas pelo Senado tenham andamento na Câmara e que outras sejam liberadas dos deputados para os senadores, como é o caso da proposta que cria o Sistema Único de Segurança Pública. O texto deve ser votado esta semana na Câmara e seguirá para o Senado, onde também tramitará em regime de urgência.

Entre as propostas que estão na pauta do Senado esta semana está a que trata do Plano Nacional de Enfrentamento ao Homicídio de Jovens, PLS 240/2016. O plano pretende, em um prazo de dez anos, reverter os altos índices de violência contra os jovens negros e pobres, que lideram o ranking de mortes nessa faixa etária no país. Para o senador, a pauta de segurança precisa fugir da ideia de ampliar penas. “Nós tenos que encontrar caminhos para que essas penas sejam cumpridas e não apenas ampliar as penas”, ressaltou Eunício.

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

STJ reafirma decisão do TRF-4 que manteve Lula preso
Polícia

STJ reafirma decisão do TRF-4 que manteve Lula preso

No dia 8, desembargadores deram decisões diferentes sobre liberdade de Lula, mas presidente do TRF-4 decidiu ...

Geddel é transferido para ala de segurança máxima da Papuda
Denúncias de regalias

Geddel é transferido para ala de segurança máxima da Papuda

Decisão foi tomada após denúncias de regalias dentro do presídio.

Política

Temer se encontra com familiares de brasileiros presos em Cabo Verde

Na conversa, o pai de um dos presos pediu que a justiça seja feita para que eles possam levar os filhos para ...

Vídeo

Vídeo mostra assalto em posto combustíveis em Amélia Rodrigues Veja mais Vídeos ›

Podcast

Comércio vai funcionar pela manhã no feriado de Senhora Santana
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram