Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • ELEIÇÕES
  • ELEIÇÕES
16 de Outubro de 2018
Dólar: R$ 4,09 Euro: R$ 4,78
24º 35º Feira de Santana
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Feira de Santana

Todas as notícias
Publicado em 13/03/2018 08h03.

Embasa esclarece dúvidas sobre abastecimento de água em Feira de Santana

A Embasa está renovando o seu parque de hidrômetros com o objetivo de medir melhor e com mais qualidade o consumo de água da população.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Embasa esclarece dúvidas sobre abastecimento de água em Feira de Santana
Foto: Orisa Gomes/ Acorda Cidade

Rachel Pinto

Nos últimos meses, têm chegado ao Acorda Cidade muitas reclamações de ouvintes e internautas referentes ao serviço da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa). A maioria delas é relacionada ao abastecimento de água, a mudança de endereço no recibo de água de muitos consumidores, além do aumento do valor das contas.

Thaís Dias, gerente do escritório de Feira de Santana, e Euvaldo Neto, gerente da unidade regional, estiveram na manhã desta segunda-feira (12), no estúdio da Rádio Sociedade News e esclareceram alguns desses principais questionamentos.

Segundo Thaís, em relação ao abastecimento de água, a Embasa faz um mapeamento da situação através de um sistema informatizado. De acordo com ela, é importante que a população comunique à empresa as falhas em relação ao abastecimento, registrando as reclamações nos cais de atendimento. “Para que a gente possa mapear com mais eficiência esses pontos e tomar as devidas providências”, acrescentou.

A gerente explicou que a falta de água pode ser provocada por duas razões: a primeira delas é a necessidade de se fazer alguma interrupção do sistema para executar alguma manutenção programada, ou a manutenção preventiva. Há também a manutenção corretiva, que é quando uma adutora apresenta frequentes rompimentos e necessita que sejam feitos os reparos. Ela exemplificou a situação do distrito de Humildes, onde o abastecimento teve que ser interrompido e a Embasa está providenciando dois quilômetros de tubulação para fazer a substituição da rede adutora.

Abastecimento nos distritos

Euvaldo Neto comentou sobre as reclamações de abastecimento de água nos distritos de Feira de Santana. Jaguara é uma das localidades que mais sofrem e, de acordo com ele, o distrito é abastecido pelo sistema de Santo Estevão.

“Nos últimos dias houve alguns problemas elétricos e está tendo muito problema com a Coelba, principalmente no horário de pico entre as 18h e 21h. Há uma defasagem de energia que termina derrubando todo o sistema e como é um sistema integrado, quando um equipamento sai, o sistema é derrubado. Com isso, Jaguara que está na ponta do sistema vem sentido. A gente está intensificando as ações para melhorar o abastecimento”, salientou.

Entre as ações e os investimentos da Embasa, o gerente falou sobre a nova adutora de Feira de Santana. Ele informou que nos últimos anos já foram investidos mais de 300 milhões em obras e já foi finalizado inclusive o centro norte de reservação

“Duplicamos também a adutora entre Feira de Santana e Santa Bárbara que pega toda a zona rural de Feira de Santana. Já houve uma melhora siginificatica e essa obra da primeira etapa já foi concluída. A gente conseguiu duplicar toda a adutora entre Feira de Santana até o Anel de Contorno próximo ao Trevo”, observou.

Euvaldo afirmou ainda que a segunda etapa consiste na duplicação do trecho do Trevo entre Santa Bárbara e Santanópolis. Ele destacou que estas são regiões com algumas dificuldades no abastecimento.

Problemas pontuais

Em relação aos problemas pontuais de abastecimento de água, Euvaldo Neto relatou que a Embasa está mapeando todos e acionando as equipes para resolvê-los. O centro de reservação leste, de acordo com ele, será finalizado por volta do meio do ano.

“A gente está fazendo uma estrutura, um reservatório com 20 milhões de litros de reservação com equipamentos para bombear. Isso faz parte da ampliação do sistema de Feira de Santana. A primeira parte foi o centro norte de reservação que já está funcionando e o centro leste está começando. Já está em fase de licitação também o centro de reservação Tomba, onde vai receber toda a água da cidade”, acrescentou.

 

Falta de água nos condomínios e bairros vizinhos

Muitos bairros próximos aos condomínios têm relatos frequentes de falta de água. Euvaldo Neto ressaltou que existe um procedimento interno da Embasa para todo empreendimento que é instalado na cidade.

“A empresa solicita a viabilidade técnica de abastecimento de água e esgotamento sanitário. A Embasa faz toda a avaliação, verifica a estrutura, quais são os investimentos que têm que ser feitos para poder abastecer aquele empreendimento. É emitida uma carta de viabilidade, aonde vão todos os dados técnicos para poder a empresa se adequar ao abastecimento de água da Embasa. Primeiro a Embasa libera para depois ter a construção”, explicou.

Mudanças de endereço

Outra reclamação frequente dos consumidores em relação à Embasa é sobre as mudanças de endereços nos recibos. Moradores do distrito de Tiquaruçu relatam que os recibos estão vindo com o endereço dos municípios de Santa Bárbara e Santanópolis.

Thaís Dias observou que essa situação acontece devido a um projeto de compatibilização de localidade solicitado pelo Instituto Brasileiro de Geografia Estatística. “Foi uma demanda gerada pela Embasa e é um projeto solicitado pelo IBGE. Só estamos atendendo a uma demanda externa”, ressaltou.

Reclamações através dos canais de atendimento

Os gerentes da Embasa explicaram ainda que a empresa está renovando o seu parque de hidrômetros com o objetivo de medir melhor e com mais qualidade o consumo de água da população. Além disso, tem feito a identificação das ligações clandestinas e está sendo feito o plano de saneamento. Euvaldo Neto relatou que esse plano faz todo o estudo da parte de esgotamento sanitário da cidade, suas deficiências, as localidades que estão sem água e sem esgoto. Posteriormente esse plano vai virar um projeto que será passado pela câmara municipal para se tornar lei.

O contato com a Embasa para reclamações e dúvidas pode ser feito pelos telefones: (75) 999782302 (WhatsApp) e 0800 055195.

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Autistas e outras crianças com deficiência podem se inscrever para Corrida de Verão
Feira de Santana

Autistas e outras crianças com deficiência podem se inscrever para Corrida de Verão

O percurso para estes atletas especiais, que poderão ser acompanhados por pais ou responsáveis, será de ape...

Ações do Centro Juiz Walter afastam crianças do trabalho infantil
Feira de Santana

Ações do Centro Juiz Walter afastam crianças do trabalho infantil

As atividades são pontuadas diariamente por ações interativas e recreativas que vão desde aulas de violão...

Feira de Santana

Condomínios devem se preparar para o desligamento do sinal analógico de TV

O sinal analógico será desligado em 05 de dezembro na região de Feira de Santana.

Vídeo

Documentário Os Guardiões da Lagoa Veja mais Vídeos ›

Podcast

Entrevista com José Ronaldo - Parte I
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram