Acorda Cidade | Dilton Coutinho | Portal de notícias de Feira de Santana - Bahia

24º 35º Feira de Santana
21 de janeiro de 2018

Notícias

Esportes

Empregos

Lazer

Especial

Todas as notícias Feira de Santana

Alagamento no centro de Feira de Santana é por falta de drenagem, afirma secretário

13/01/2018 07h14
O secretário ainda falou sobre outros locais da cidade que alagam com facilidade. Segundo ele, isso ocorre nas partes mais baixas da cidade, como na região dos bairros Parque Getúlio Vargas e Rocinha.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Alagamento no centro de Feira de Santana é por falta de drenagem, afirma secretário
Foto: Paulo José/Acorda Cidade

Daniela Cardoso

Poucos minutos de chuva foram suficientes para alagar diversas ruas, principalmente no centro de centro de Feira de Santana, na última quarta-feira (10). O secretário de Desenvolvimento Urbano, José Pinheiro, afirmou ao Acorda Cidade que as ruas ficaram ilhadas devido a falta de drenagem.

“As ruas que mais alagam ficam no centro velho de Feira de Santana, onde está sendo resolvido com a construção do túnel linear. A rede é antiga e tenho certeza que com o túnel linear pronto, esse problema será resolvido na Castro Alves, Barão do Rio Branco, Georgina Erismann”, disse.

O secretário ainda falou sobre outros locais da cidade que alagam com facilidade. Segundo ele, isso ocorre nas partes mais baixas da cidade, como na região dos bairros Parque Getúlio Vargas e Rocinha.

“Temos conhecimento que esses locais alagam e sempre estamos em alerta quando chove. Foi uma chuva pequena e se chover mais, a coisa complica. Então as pessoas têm que ter consciência que construíram no local errado e que no período de chuva enche. Ali é uma bacia formada pela própria natureza”, afirmou.

José Pinheiro ainda falou sobre o número de bueiros existentes na cidade, que, segundo ele, são suficientes para a drenagem atual que existe, mas ressaltou que a drenagem não é suficiente para a quantidade de lixo que são jogadas nos bueiros.

“Fizemos uma limpeza nos bueiros antes das chuvas e na primeira chuva alagou tudo. Temos equipes envolvendo 30 pessoas para o trabalho de desobstrução da rede pluvial. Se não fosse a quantidade de lixo sobre a rede, seria mais fácil o trabalho. É difícil, porque as pessoas jogam muito lixo na rua”, disse.

Leia também: Ruas do centro de Feira de Santana alagam em poucos minutos de chuva

O secretário José Pinheiro também falou sobre um problema ocorrido na última quarta (13) no caminho Conquista, bairro Cidade Nova, quando o calçamento cedeu e danificou um carro.

“Ali tínhamos feito uma substituição de manilha e o pessoal abriu antes do tempo. Agora mandei retirar todo o calçamento para poder ter o período de compactação durante uns três dias”, informou.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

As informações são do repórter Paulo José do Acorda Cidade
 

É muito importante a sua participação. Envie para nós a sua sugestão de correção.



É muito importante a sua participação. Em breve entraremos em contato.



Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Veja também

PodCast

Comandante-geral da PM anuncia novas viaturas e mais policiais para Feira de Santana

mais podcast ›

Videos

Dona de casa se desespera ao ver água invadir sua residência durante chuva