Acorda Cidade - Dilton Coutinho

17 de Julho de 2018
Dólar: R$ 3,68 Euro: R$ 4,34
19º 28º Feira de Santana
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Brasil

Todas as notícias
Publicado em 11/01/2018 09h38.

TST: dispensa divulgada em rede social gera indenização a trabalhador

A empresa Companhia Iguaçu de Café Solúvel, alegou tratar-se de um documento sigiloso interno, elaborado para reduzir custos e readequar quadro de colaboradores, e afirmou não ter autorizado a divulgação.

Acorda Cidade

Após vazamento de documento em rede social na Internet, contendo dados de salário e informações funcionais de um trabalhador da empresa Companhia Iguaçu de Café Solúvel, no Paraná, a justiça condenou a empresa a indenizar o trabalhador por dano moral.

A Sexta Turma do Tribunal Superior do Trabalho afastou a necessidade de prova do dano, pois, conforme jurisprudência, o que se exigiu, na hipótese, foi a prova dos fatos que motivaram o pedido de indenização, em vista de a lesão moral ter sido presumida. Segundo consta nos autos do processo, o empregado que entrou com ação judicial contra a empresa só tomou conhecimento da lista com nomes, datas de admissão e salário de outros empregados que seriam demitidos, inclusive ele, pelas redes sociais, o que lhe causou forte constrangimento.

A empresa Companhia Iguaçu de Café Solúvel, alegou tratar-se de um documento sigiloso interno, elaborado para reduzir custos e readequar quadro de colaboradores, e afirmou não ter autorizado a divulgação. Para o juízo de primeiro grau, a Iguaçu descuidou do sigilo do documento, e o empregado, que posteriormente fora dispensado, sentiu-se menosprezado, constrangido e inseguro ao ver a divulgação na Internet. De acordo com a sentença, o simples fato de o nome constar na lista pública implicou o direito à reparação por danos morais, sem a necessidade de comprovar a lesão efetiva, pois ela é presumível no caso.

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Ministério reforça ações de combate às fake news sobre vacinas
Brasil

Ministério reforça ações de combate às fake news sobre vacinas

Por meio de nota, a pasta informou que conta com uma equipe de monitoramento responsável por analisar as prin...

Operação da PF prende suspeitos de golpes via aplicativos de mensagens
Brasil

Operação da PF prende suspeitos de golpes via aplicativos de mensagens

Segundo a PF, as investigações da Operação Swindle constataram que os suspeitos clonavam números telefôn...

Brasil

Homens recebem 75% das indenizações do DPVAT

A maioria as vítimas tem de 18 a 34 anos

Vídeo

Bandidos invadem, roubam e destroem escola em São Gonçalo dos Campos Veja mais Vídeos ›

Podcast

Médica alerta para importância de exames cardiológicos em crianças
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram