Acorda Cidade - Dilton Coutinho

  • SECOM
17 de Setembro de 2019
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Feira de Santana

Todas as notícias
Publicado em 31/10/2017 15h03.

Com dificuldade financeira, empresa São João entra com pedido de recuperação judicial

O vereador mostrou uma cópia do processo e pediu que a direção da empresa esclareça quais são as dificuldades financeiras que vem passando.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Com dificuldade financeira, empresa São João entra com pedido de recuperação judicial
Foto: Ed Santos/Acorda Cidade (Arquivo)

Daniela Cardoso e Ney Silva

A empresa de ônibus São João entrou com um pedido de recuperação judicial no dia 9 de outubro deste ano na 2ª Vara de Feitos de Relação de Consumo Cível e Comercial, segundo informou o vereador Roberto Tourinho (PV), em pronunciamento na Câmara Municipal na manhã desta terça-feira (31). O vereador mostrou uma cópia do processo e pediu que a direção da empresa esclareça quais são as dificuldades financeiras que vem passando.

“A empresa São João deu entrada na Justiça com um pedido de recuperação judicial, que é um instrumento legal quando a empresa não está tendo condições de pagar suas dívidas, de honrar seus compromissos. Então ela busca na Justiça a recuperação judicial para evitar a falência. Nesse pedido, a empresa tem que apresentar um plano e após a apresentação à Justiça, vai se manifestar quanto ao pedido de recuperação judicial”, explicou.

O vereador também lamentou o fato de um requerimento dele que buscava saber a real situação das empresas de ônibus da cidade não ter sido aprovado pela casa. Segundo ele, o requerimento era dirigido ao secretário de transportes, questionando se as empresas vêm cumprindo suas obrigações com o poder público.

“Eu dei entrada na Câmara de Vereadores em um requerimento pedindo informações referente à situação econômica das empresas de transporte coletivo. Este requerimento foi rejeitado pelos senhores vereadores. O requerimento questionava se as empresas vêm pagando todos os impostos, se vêm recolhendo o fundo de garantia dos trabalhadores, quantos ônibus estão rodando, quantos ônibus foram retirados pelas empresas que operam o sistema de transporte coletivo em Feira, que é a Rosa e a São João”, afirmou.

De acordo com o vereador Roberto Tourinho, no requerimento também continha algumas perguntas referentes ao BRT. Ele lembrou que as empresas ganharam uma licitação, onde está previsto para operar o BRT com ônibus articulados para atender especificamente o serviço.

“São ônibus adaptados para funcionar nos transbordos em Feira de Santana. A nossa preocupação é: se a empresa hoje não está tendo condições de honrar seus compromissos ao ponto de pedir uma recuperação judicial, como essa empresa vai honrar a licitação e vai colocar esses ônibus adaptados, que são caríssimos, para poder funcionar o BRT?”, questionou.

Roberto Tourinho disse que levou o problema até a Tribuna da Casa e que deseja que a situação seja resolvida. Ele informou que vai solicitar a realização de audiência pública para debater o assunto.

“Presido na Câmara a Comissão de Obras, Infraestrutura e Meio Ambiente e essa parte afeta diretamente a esta comissão. Vamos convidar o secretário de transportes, os proprietários das empresas ou representantes, além do sindicato dos rodoviários em Feira de Santana, bem como o Ministério Público para que possamos discutir qual é a real situação. Queremos saber se o problema reside apenas na empresa São João ou se também na empresa Rosa. Eles são permissionários do serviço público, participaram de uma licitação e cabe todos os esclarecimentos à Câmara de Feira de Santana”, finalizou. 

No despacho o juiz determina a apuração da real situação da empresa. Leia seguir:

"Do exposto, antes de decidir sobre o deferimento do processamento do pedido de recuperação judicial apresentado pela Auto Ônibus São João LTDA, determino a realização de constatação in loco da real situação de funcionamento da empresa, bem como de perícia prévia sobre a documentação por ela trazida aos autos, de modo a se constatar a sua correspondência com os seus livros fiscais e comerciais. Nomeio para realização desse trabalho técnico preliminar a Triumph Administração Judicial. O laudo de constatação e de perícia preliminar deverá ser juntada aos autos no prazo de 10 (dez) dias. Intime-se o perito com urgência, inclusive por telefone. A presente decisão, digitalmente assinada, servirá como mandado. P.I."

Pedidos

No documento a São João realiza uma série de pedidos entre eles que: os ônibus permaneçam na posse de empresa para que o serviço essencial de transporte público coletivo não seja prejudicado; a dispensa da exigência de apresentação de certidões negativas para atos que visem o pleno exercício e continuidade das atividades da empresa; determine a intimação do Ministério Público, bem como a comunicação, via postal, às Fazendas Públicas Federal, Estadual e Municipal, para que tomem ciência do pedido; Deferir o prazo de 60 dias contados da decisão de processamento para apresentação em juízo do Plano de Recuperação Judicial e sua posterior aprovação, submetendo todos os credores relacionados aos efeitos da presente recuperação judicial, mesmo em caso de discordância de alguns dos credores para, enfim, conceder a recuperação judicial pleiteada pela São João, mantendo seus atuais administradores na condução de sua atividade empresarial, sob fiscalização do administrador judicial.


 

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

XXXIII Festa dos Vaqueiros de Alecrim Miúdo acontece neste final de semana
Feira de Santana

XXXIII Festa dos Vaqueiros de Alecrim Miúdo acontece neste final de semana

O evento é um dos mais tradicionais da zona rural de Feira de Santana.

Acusado de matar esposa a facadas é condenado a 6 anos de prisão
Feira de Santana

Acusado de matar esposa a facadas é condenado a 6 anos de prisão

O crime ocorreu dentro da casa do casal, situada na Rua Horizonte, no Conjunto Marco Figueiredo, bairro Sítio...

Feira sedia Semana Sebrae de capacitação empresarial
Com equipe do Facebook

Feira sedia Semana Sebrae de capacitação empresarial

O evento acontece em 60 cidades da Bahia e traz Caio Carneiro, Walter Longo, equipe do Facebook entre outros.

Vídeo

Motocicleta é furtada próximo a Shopping em Feira de Santana Veja mais Vídeos ›

Podcast

Ouça o Programa desta Terça-Feira 17.09 (Parte 01):
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram