Acorda Cidade | Dilton Coutinho | Portal de notícias de Feira de Santana - Bahia

16º 26º Feira de Santana
23 de setembro de 2017

Notícias

Esportes

Empregos

Lazer

Especial

Todas as notícias Dilton e Feito

Sefaz, SICM e representantes do atacado e do varejo na Bahia discutem SPED Fiscal em Feira de Santana

28/09/2011 12h36
O evento acontece nesta quinta (29), na CDL de Feira
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Sefaz, SICM e representantes do atacado e do varejo na Bahia discutem SPED Fiscal em Feira de Santana
Divulgação | Zé Neto ao lado de representantes do setor varejista

Com o objetivo de discutir e esclarecer as questões tecnológicas, tributárias, contábeis e fiscais que envolvem a troca do Sistema Integrado de Informações sobre Operações Interestaduais com Mercadorias e Serviços (SINTEGRA) pelo Sistema Público de Escrituração Digital (SPED), o deputado estadual e líder do Governo na Assembleia Legislativa, Neto (PT), promove uma Reunião de Trabalho nesta quinta-feira (29), às 09h, namara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Feira de Santana.

A idéia é ajudar no entendimento do uso do novo software. Para isso, representantes da Câmara Setorial, Associação dos Distribuidores e Atacadistas da Bahia (ASDAB), Associação Bahiana de Supermercados (ABASE), Sindicato das Indústrias da Panificação do Estado da Bahia (Sindipan/BA), CDL, Associação Comercial de Feira de Santana, além de contabilistas, atacadistas, varejistas, distribuidores e representantes de demais órgão públicos estaduais e municipais participam das discussões com técnicos da Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz) e da Secretaria da Indústria e Comércio do Estado da Bahia (SICM). O Grupo de Trabalho vai analisar as principais dificuldades na implantação do sistema e buscar soluções para transpor as dificuldades.

O que é o SPED Fiscal – é um arquivo digital com um conjunto de informações referentes a operações, prestações de serviços e apuração de impostos dos contribuintes. o SPEP faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento do Governo Federal e constitui-se em mais um avanço na informatização da relação entre o fisco e os contribuintes em todo o país.  Sua implantação é uma forma de dar mais transparências as movimentações fiscais e tributárias do setor já que visa integrar os dados dos contribuintes aos fiscos municipais, estaduais e federal, mediante o compartilhamento das informações contábeis e fiscais. Tais informações ficarão disponíveis não apenas para as empresas, a Sefaz ou o Ministério Público, mas para todo e qualquer cidadão. As informações são da assessoria do deputado Neto.

É muito importante a sua participação. Envie para nós a sua sugestão de correção.



É muito importante a sua participação. Em breve entraremos em contato.



Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Veja também

PodCast

Passagem de avião está mais barata desde cobrança por bagagem, aponta pesquisa

mais podcast ›

Videos

Sabores de Feira: carne de bode