Acorda Cidade | Dilton Coutinho | Portal de notícias de Feira de Santana - Bahia

21º 31º Feira de Santana
25 de abril de 2017

Notícias

Esportes

Empregos

Lazer

Especial

Todas as notícias Dilton e Feito

Parlamentares firmes por privatização total

09/08/2011 07h52
Em Brasília, os parlamentares conversaram com a ministra do Conselho Nacional de Justiça (CNJ)
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Parlamentares firmes por privatização total
Divulgação

A comissão de deputados da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) que trabalha em um “aprimoramento” do Projeto de Lei Nº 19.324/2009 – relativo à privatização dos cartórios extrajudiciais da Bahia – cumpriu uma nova e espinhosa etapa do processo nesta segunda-feira (8). Em Brasília, os parlamentares conversaram com a ministra do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Eliana Calmon, e com o juiz-auxiliar do órgão, Ricardo Chimenti. O líder do bloco governista, deputado Neto (PT), que estava presente na reunião, contou, em entrevista ao Bahia Notícias, que a magistrada reconhece haver “um equívoco no estado da Bahia em continuar oficializando cartórios mesmo depois da Constituição de 1988” e pensa que o “caminho mais razoável é que sejam privatizados inicialmente os 925 cartórios vagos em todo o estado”. Apesar disso, os parlamentares não seguirão essa recomendação. “Ela pensa que esse é o caminho menos turbulento a se seguir, mas não tem uma atitude ofensiva em relação à posição dos deputados” que é, de acordo com o legislador, o da privatização total. “Ela tem consciência de que, em qualquer posição tomada pela AL, terá que haver uma decisão judicial”, assegura. Agora, faltaria à comissão resolver questões ligadas ao direito de escolha dos tabeliães em continuar, ou não, como funcionários públicos após o PL ser aprovado. Estiveram na capital federal os deputados Joseildo Ramos (PT), Fabrício Falcão (PCdoB), Sidelvan Nóbrega (PRB), Reinaldo Braga (PR), Paulo Azi (DEM), o relator Raimundo (PT) e o próprio Neto.

É muito importante a sua participação. Envie para nós a sua sugestão de correção.



É muito importante a sua participação. Em breve entraremos em contato.



Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Veja também

PodCast

Psicólogo destaca relação entre a depressão e jogos virtuais que podem levar à morte

mais podcast ›

Videos

Projeto Saber Brasil: educador constrói biblioteca comunitária