vai para o início: Alt+i vai para o conteúdo: Alt+c vai para o menu: Alt+m vai para o fim: Alt+f Acessibilidade Brasil Acessibilidade Brasil
Dilton Coutinho
@acordacidade no Twitter
Morre prefeita de São Francisco do Conde
Ouvir Programa
sexta, 25 de julho de 2014
Hora certa:
Editoriais
Colunistas
Links
RSS

GVT vai oferecer banda larga em Feira e gerar 270 novos empregos

O serviço será, inicialmente, ofertado para 23 mil clientes em 19 bairros. Serão investidos recursos da ordem de R$ 30 milhões. Segundo a prefeitura, a empresa vai se instalar na cidade dentro dos próximos três meses.

13/07/2011 14:42
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letraDiminuir letra
Divulgação

Foto: Divulgação

Acorda Cidade

 

A GVT, operadora de telecomunicações brasileira de banda larga e telefonia móvel, inaugura nos próximos três meses uma unidade em Feira de Santana. O anúncio foi feito por dirigentes da GVT, na tarde desta terça-feira (12), durante reunião com o Prefeito Tarcízio Pimenta e a deputada estadual Graça Pimenta, na Assembleia Legislativa (AL), em Salvador.
 
Para instalação da unidade, que vai gerar 120 novos empregos diretos e 150 indiretos, serão investidos recursos da ordem de R$ 30 milhões. De acordo com o secretário de Turismo e Desenvolvimento Econômico, Magno Felzemburg, a contratação da mão de obra será intermediada pela secretaria através da Casa do Trabalhador.
 
“A GVT é uma das empresas de telecomunicações que oferece os melhores planos de telefonia fixa e acesso a internet com maior velocidade e preços mais acessíveis em todo o país. A empresa irá absorver mão de obra local, sem terceirização do serviço. Isso representa um ganho para o desenvolvimento socioeconômico do Município”, afirma Magno Felzemburg.
 
Bairros
 
O serviço será, inicialmente, ofertado para 23 mil clientes em 19 bairros. “Conforme determinado, a disponibilização do serviço acontecerá em duas etapas. A princípio serão contemplados os bairros Baraúnas, Brasília, Cidade Nova, Campo do Gado, Capuchinhos, Caseb, Centro, Estrada Nova, Feira VI, Jardim Cruzeiro, Jardim Acácia, Queimadinha, Muchila, Ponto Central, Santa Mônica, São João, Tomba e Sobradinho”, informa o secretário. Não foram divulgados preços.
 
A segunda etapa, conforme projeto, prevê o atendimento às comunidades dos bairros Mangabeira, George Américo, Parque Ipê, Conceição, Santo Antônio dos Prazeres, Aviário, Eucalipto, Pampalona e Asa Branca. Nada foi dito sobre o preço do serviço.

  • Recomendar
É muito importante a sua participação. Envie para nós a sua sugestão de correção.


Envie esta notícia por e-mail.


É muito importante a sua participação. Em breve entraremos em contato.