Acorda Cidade | Dilton Coutinho | Portal de notícias de Feira de Santana - Bahia

20º 31º Feira de Santana
14 de dezembro de 2017

Notícias

Esportes

Empregos

Lazer

Especial

Todas as notícias Dilton e Feito

José Ronaldo diz que há chances de se eleger para o Senado e descarta Câmara Federal

07/12/2017 17h39
'Isso nunca passou pela minha cabeça', enfatizou.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
José Ronaldo diz que há chances de se eleger para o Senado e descarta Câmara Federal
Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

José Ronaldo diz que há chances de se eleger para o Senado e descarta Câmara Federal

Quem acompanha a história política do prefeito José Ronaldo (DEM) sabe que ele não é de encarar disputas eleitorais sem que haja grandes chances de vitória. E é por isso que comenta-se em bastidores que o democrata só vai tentar vaga no Senado em 2018, se estiver certo de que pode conseguir. Até por quê, para lançar candidatura é necessário abrir mão do comando de Feira de Santana. Mas, em entrevista ao Acorda Cidade, o alcaide disse que não é bem assim. “Com todo respeito a opinião de todos, mas a colocação não é essa. Ninguém pode ter garantia de uma eleição, eleição está na mão do povo, é o povo que vota, Deus é quem sabe da vida da gente”. Assumiu, entretanto, que não pode ser candidato sem respaldo político, o que quer dizer apoio de partidos e lideranças espalhadas por toda Bahia. Ainda assim, Ronaldo avalia que a situação política atual dele é melhor que em 2010, quando, embora não tenha sido eleito, obteve mais de um milhão de votos para senador. “A situação de hoje é melhor que 2010, isso aí eu sinto mesmo, sinto que as pessoas estimulam muito. E naquela época a gente tinha uma estrutura partidária muito maior, então há possibilidade”, avaliou. Questionado se pode tentar vaga para a Câmara Federal, caso perceba que não se elegerá para o Senado, o prefeito foi enfático: “Isso nunca passou pela minha cabeça”.

Ainda não se falou em passagem de comando

Mesmo com a proximidade de afastar da prefeitura de Feira, caso lance candidatura, José Ronaldo disse que ainda não conversou com o vice-prefeito, Colbert Martins (PMDB), sobre passar a prefeitura para o comando dele. “Se realmente isso for acontecer, claro que vou chamar Colbert, sentar e conversar uma, duas, três, cinco, dez vezes a respeito do assunto, mas por enquanto a gente não conversou; não entramos nos finalmentes”.

Desistência de Torres

Desafeto político do deputado federal Fernando Torres (PSD), o prefeito José Ronaldo preferiu comentar de forma branda e superficial a desistência do parlamentar de disputar as eleições 2018. “É uma coisa de foro eminentemente pessoal. Peço a Deus que dê saúde ele, ilumine a vida dele e que a atitude que ele tomou tenha sido a melhor para a vida dele”.  (Orisa Gomes, com informações do repórter Ed Santos)

É muito importante a sua participação. Envie para nós a sua sugestão de correção.



É muito importante a sua participação. Em breve entraremos em contato.



Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.

Veja também

PodCast

Queda de energia danifica equipamentos em escola e casas no bairro Sobradinho

mais podcast ›

Videos

População recebe PM com aplausos após morte de assaltantes de banco em Olindina